Reação após retirada da citação de gênero

Promotor de Justiça estuda medida contra sansão de lei que altera Plano Municipal de Educação

A medida jurídica contra a decisão do prefeito Madeira, que alterou o PME.
Imirante Imperatriz13/05/2016 às 15h04

IMPERATRIZ – O Ministério Público Estadual (MPE), em Imperatriz está estudando uma medida jurídica para ingressar contra a decisão do município de Imperatriz de sancionar a lei que alterou ponto do Plano Municipal de Educação (PME), relacionados a ideologia de gênero. A lei foi aprovada pela Câmara e sancionada pelo prefeito Sebastião Madeira recentemente.

Após tomar conhecimento da decisão do gestor municipal, o promotor de Justiça Joaquim Júnior e representantes de entidades que atuam na defesa da causa LGBTT (Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis, Transexuais e Transgêneros); entre outros.

“Estamos analisando com a colega Sandra”, disse o promotor. E acrescentou que, em breve, será realizado um seminário para tratar sobre o assunto e posteriormente a medida jurídica será analisada.

O representante do MP, lembrou que havia sido feita uma Recomendação ao prefeito Madeira para que este vetasse o então projeto de lei.

O prefeito justificou ao Imirante Imperatriz que tomou a decisão ciente da recomendação, mas agiu em nome da sociedade de Imperatriz e instituições que foram favoráveis a sansão.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.