Após assassinato de mototaxista

Mototaxistas realizam protesto por mais segurança para a categoria e prisão de homicida

Protesto foi na porta de órgãos de segurança e nas ruas e avenidas de Imperatriz.
Imirante Imperatriz com informações da TV Mirante11/02/2016 às 13h10

IMPERATRIZ – Centenas de mototaxistas realizaram uma manifestação e buzinaço em frente ao Fórum de Justiça, Delegacia Regional de Imperatriz e Câmara de Vereadores e percorreram ruas da cidade na manhã desta quinta-feira (11), para reivindicar segurança a categoria e justiça para o assassinato do mototaxista Erisnaldo Rodrigues Martins.

O último ato do protesto foi em frente a Delegacia Regional. Tendo como batedor um carro da Secretaria Municipal de Trânsito (Setran), os mototaxistas percorreram ruas e avenidas centrais da cidade.

O protesto foi encerrado no cemitério da Vila Cafeteira onde foi enterrado o corpo do mototaxista Erisnaldo Rodrigues Martins, 34 anos, morto na noite de sábado (5), no Parque São José, após deixar uma passageira no bairro. O suspeito do crime, que é o marido da jovem, continua foragido.

Horas depois o irmão do suspeito, João Pedro Rodrigues foi morto a tiros e a polícia suspeita que pode haver relação entre os dois crimes.

O presidente do Sindicato dos Mototaxistas, Francisco Alencar disse que a manifestação teve por objetivo chamar a atenção da população e das autoridades para que seja feita justiça para o crime que teve Erisnaldo como vítima.

“Queremos que o acusado seja preso, julgado e condenado e que pague na forma da lei. É importante frisar que os mototaxistas não têm nada a ver com a morte do irmão, até porque foi um caso isolado, foram dois caras numa moto e ninguém sabe quem foi”, disse o sindicalista.

Erisnaldo morava no Conjunto Brasil Novo e deixa uma filha de 10 anos. Veja, abaixo, vídeo do internauta Rafael Ferreira:

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.