Saúde

Mais de 7 mil casos de câncer são registrados no Maranhão

Em todo o Estado, o câncer de colo do útero é o que mais atinge as mulheres.
Imirante Imperatriz, com informações da assessoria.05/10/2015 às 23h01

IMPERATRIZ – No Maranhão, cerca 7.120 casos de câncer foram identificados em 2014, segundo a Secretaria Estadual de Saúde. Nos homens, a maior incidência é o câncer de próstata, sendo 27,68% dos casos.

Com relação as mulheres, em todo o Estado, o câncer de colo do útero tem maior prevalência, com 880 casos somente no ano passado. Em São Luís, o quantitativo maior entre as mulheres, com 250 casos em 2014, é o câncer de mama.

De acordo com dados do Instituto Nacional de Câncer (Inca), o câncer é a segunda doença que mais mata no país. São mais de 400 mortes por dia, que correspondem a 14,7% do total de mortes, enquanto que 21% das mortes são provocadas por doenças cardíacas.

A secretaria informa que tem desenvolvido ações para descentralizar o atendimento e diminuir os casos de câncer no Estado. Em Imperatriz, um convênio com clínica particular especializada em radioterapia, tem beneficiado cerca de 200 pacientes por mês.

“No Maranhão, a prevalência desta doença é muito alta. Por isso, mais do que remediar, é importante organizar a rede de saúde em todos os municípios a fim de garantir a efetividade dos tratamentos”, afirmou o secretário Marcos Pacheco.

O serviço de radioterapia completa o atendimento aos pacientes com câncer na Região Tocantina, pois, Imperatriz já contava com o tratamento por quimioterapia. Atualmente, um tratamento completo de radioterapia custa de R$ 40 a R$ 70 mil.

Em Imperatriz, o novo serviço de radioterapia também está sendo compartilhado com o Estado do Tocantins, que enfrenta dificuldades com o na realização de atendimento aos pacientes com câncer. A Secretaria Estadual de Saúde do Tocantins realizou um convênio para o custeio de cerca de 100 atendimentos por mês em Imperatriz.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.