Outubro Rosa

Campanha alerta sobre diagnósticos precoces de câncer de mama

O oncologista Gumercindo Filho explica que se diagnosticado no início o tratamento é facilitado.
Rodrigo Ribeiro/ Imirante Imperatriz05/10/2015 às 09h03

IMPERATRIZ – “Os diagnósticos precoces e a conscientização da mamografia são o foco principal da campanha Outubro Rosa desse ano”, destaca o coordenador da Rede Municipal de Oncologia de Imperatriz Gumercindo Filho.

O especialista alerta que o câncer, se diagnosticado no início, facilita o tratamento dos pacientes.

O oncologista, também, ressalta, principalmente, sobre a necessidade de se fazer o exame de prevenção logo após os 40 anos, período a partir do qual as mulheres correm um maior risco de ser diagnosticadas com essa doença.

“O câncer é uma doença que diagnosticada em casos avançados é preciso um tratamento mais especifico e complicado para o paciente também de muito risco. Assim, a melhor forma para prevenção é a realização do exame da mamografia logo após os 40 anos”, ressalta o coordenador.

Gumercindo, também, enfatiza que o Ministério da Saúde autorizou que até as enfermeiras podem solicitar esse exame, isso para que as pessoas tenham menos dificuldades para realizar.

Campanha

Esse ano a campanha está sendo marcada com palestras preparadas para a programação durante o mês, que tem o objetivo de chamar a atenção para a problemática do câncer de mama e incentivar a realização periódica de exames preventivos.

De acordo com o coordenador da Rede Municipal de Oncologia Gumercindo Filho, as palestras serão realizadas pela Semus em parceria com a Associação de Amparo aos Pacientes de Câncer da Região Tocantina (Ampare), Hospital São Rafael, Regional de Saúde e 50º BIS. Além das palestras, haverá blitz, ação social e a tradicional caminhada que encerra a programação no dia 31.

O Outubro Rosa tem o objetivo de conscientizar as pessoas e, principalmente, as mulheres sobre a importância da prevenção e do diagnóstico precoce do câncer de mama.

O movimento surgiu em 1990, na primeira Corrida pela Cura, realizada em Nova York (EUA) e, desde então, vem sendo promovida, anualmente, em diversos países.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.