Quadrilha roubava bancos

Três assaltantes de banco morrem em confronto com a polícia

Os corpos dos três integrantes da quadrilha estão no IML, em Imperatriz.
Diana Cardoso/ Imirante Imperatriz24/09/2015 às 10h08

IMPERATRIZ – Três homens integrantes de uma quadrilha de assaltantes a bancos, que atuavam nos Estados do Maranhão, Pará, Tocantins e Piauí, morreram em confronto com a polícia na madrugada desta quinta-feira (24).

A ocorrência foi registrada na MA-226, rodovia que liga os municípios de Lajeado Novo e Grajaú. Os assaltantes mortos foram: Jhon Lenon da Silva, Diego Saboia, e um terceiro identificado, apenas como ‘Ferramenta’.

De acordo com o delegado regional Eduardo Galvão, uma equipe da Polícia Civil, por intermédio da Superintendência Estadual de Investigações Criminais (Seic), estava em campo na cidade de Porto Franco na tentativa de prender os bandidos.

“Cinco equipes da Seic estavam há vários dias sediados em Porto Franco. Recebemos informações que um bando liderado por Jhon Lenon, iria realizar um assalto hojem em Grajaú, e ao serem abordados pela equipe, eles reagiram, houve troca de tiros e os três foram mortos”, explica o delegado.

Ainda, segundo Eduardo Galvão, Jhon Lenon era o líder da quadrilha. Ele tinha várias passagens pela polícia e, ainda, segundo investigações da Seic, o assaltante estava envolvido no roubo de um caminhão utilizado para derrubar o muro do Complexo Penitenciário de Pedrinhas, em São Luís, onde fugiram seis presos no ano passado.

“Era um grupo externamente perigoso.O Jhon Lenon, muito conhecido pela polícia estava envolvido no arrebatamento de presos, em Pedrinhas. Ele utilizou um veículo de grande porte para derrubar o muro para que alguns assaltantes de banco empreendessem fuga”, afirmou o delegado.

Foram recuperados pelos policiais três fuzis AK-47.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2018 - Todos os direitos reservados.