Região Tocantina

ITZ: projeto busca melhorar consumo de energia na indústria

Ação é fruto de parceria entre o Sebrae e o Senai e voltada para as panificadoras.
Imirante Imperatriz, com informações da assessoria.05/05/2015 às 18h04

IMPERATRIZ – Empresários da indústria de panificação estiveram reunidos com a equipe técnica do Sebrae para conhecer o Projeto Cadeia Produtiva da Indústria e da Construção Civil na Região Tocantina, que desenvolve ações voltadas para o setor, com o objetivo de dinamizar e desenvolver o mercado regional.

Durante a reunião, foi esclarecido que uma das áreas de atuação do projeto é trabalhar a redução do consumo de energia elétrica nas panificadoras locais. As ações serão desenvolvidas com a parceria do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai), por meio de consultorias nas empresas atendidas pelo projeto.

Segundo o gerente do Senai em Imperatriz, Juarez Sanches, os custos do material a ser utilizado durante o processo de consultoria nas empresas serão cobertos pela parceria entre o Senai e o Sebrae.

“O projeto visa melhorar a qualidade do consumo de energia no setor de panificação, viabilizando o serviço ao empresário, que se fosse investir numa consultoria deste porte, somente a partir de sua renda, teria gastos muito elevados”, destacou Sanchez.

Para a gestora de projetos do Sebrae, Márcia Martins, destacou que foi feito um levantamento das necessidades dos empreendimentos de panificação, no intuito de organizar e oferecer o projeto que atendesse a demanda local.

A partir do diagnóstico inicial das necessidades, foram elaboradas as medidas corretivas para identificar a solução dos problemas apresentados, seja mudar a fiação das instalações elétricas ou outras ações que compõem o plano de ação das empresas.

Os empresários se mostraram empolgados com as propostas apresentadas. O presidente do Sindicato dos Panificadores, Joanas da Silva, acredita que as ações concretas irão trazer muitos benefícios para o setor.

“Uma das grandes preocupações do proprietário de padaria é a conta de energia, já que elas consomem muito e com este projeto vamos mudar nossas instalações em busca de maior qualidade e economia”, disse.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.