Câmara Municipal

Câmara aprova pedido de doação de terreno para quebradeiras de coco

A indicação deve ser levada para análise da Prefeitura de Imperatriz.
Rhaysa Novakoski / Imirante Imperatriz17/03/2015 às 12h03

IMPERATRIZ – A indicação do pedido para doação de um terreno de 300 m² para a sede do Movimento de Quebradeiras de Coco Babaçu (MQCB) foi aprovada por unanimidade na sessão da Câmara Municipal de Imperatriz desta terça-feira (17).

O pedido foi realizado pelo vereador Adonilson Lima (PCdoB) e deve ser encaminhado à prefeitura, que fará a avaliação da proposta e decidirá se é viável ou não. Se o projeto for aceito pela prefeitura, uma equipe vai escolher o melhor local para doação.

Segundo o vereador, a contribuição com o terreno é um ganho e reconhecimento para o movimento em Imperatriz. “É uma referência (as quebradeiras) do próprio estado do Maranhão, que tem um dos maiores grupos de quebradeiras em todo o Brasil”, afirma.

A assessora técnica do MQCB em Imperatriz Rosalva Silva Gomes afirma que a iniciativa vai contribuir, sobretudo, para a afirmação da identidade do movimento na região e para a fomentação das ações junto às bases de trabalho.

“É mais uma vitória no trabalho extenso que é mantê-las organizadas. A gente sabe que toda organização necessita de um local para a sua associação, uma localização, uma referência. Faz parte do fortalecimento da identidade delas (quebradeiras)”, diz.

Além disso, Rosalva afirma que o local vai servir como ponto de referência e encontro, para acolher as mulheres e realizar formações, integrando as comunidades. O MQCB atende, além de Imperatriz, os municípios de Amarante, Cidelândia, São Pedro da Água Branca e Vila Nova dos Martírios.

Durante a discussão sobre a indicação, o vereador Alberto Sousa (PP) se comprometeu a doar R$ 3 mil para ajudar na construção do espaço.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.