Acessibilidade

Hotel cerca calçada e dificulta passagem de pedestres, em Imperatriz

O Imirante Imperatriz ouviu a versão da gerência do estabelecimento.
Diego Sousa / Imirante Imperatriz21/12/2014 às 18h09
Calçada foi quase toda cercada por correntes, para evitar que estacionem. (Foto: Diego Sousa/ Imirante Imperatriz)

IMPERATRIZ - O cercamento de quase toda a calçada de um hotel, localizado às margens da BR-010, ao lado de um de shopping de Imperatriz, virou polêmica até nas redes sociais. Os pedestres, que deveriam utilizar toda a extensão da calçada, considerada como via pública, estão insatisfeitos.

A estudante universitária Brenda Herênio disse que percebeu a mudança na calçada há poucos dias e questiona: "a calçada é pública. Agora até isso querem privatizar?". Ela acredita que o direito de ir e vir ficou prejudicado, principalmente, para os cadeirantes, já que a calçada não possui rampa de acesso. “Quero saber se o poder público vai concordar com essa falta de respeito com o cidadão imperatrizense”, questiona.

O técnico em Agropecuário Leonardo Brito, depois de passar pelo local, afirmou que a atitude de cercar quase toda a calçada está colocando em risco a integridade dos pedestres. “Eu fiquei imaginando essa situação em um horário de pico. Realmente, qualquer vacilo pode custar a vida de alguém, pois aqui é uma rodovia”, alertou.

O Imirante Imperatriz entrou em contato com a direção do hotel, que confirmou a autoria do cercamento da calçada, sob a alegação de que muitas pessoas já utilizaram o espaço como estacionamento para motocicletas e automóveis. “Algumas pessoas já foram até multadas pela Polícia Rodoviária Federal por causa disso. Também, houve um caso em que uma moça solicitou o vídeo das câmeras de segurança do hotel, depois que teve a moto roubada”, afirmou o gerente, que não quis se identificar.

Ele garantiu que o espaço deixado para o trânsito de pedestres é suficiente, mas o que foi constatado em um vídeo, gravado na tarde deste domingo (21), é que os pedestres precisam andar em fila indiana ou, no máximo, em dupla. Veja nas imagens:

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.