Samu

Após denúncia, ambulâncias do Samu devem ser leiloadas

O caso foi mostrado em rede nacional pela Rede Globo.
Imirante Imperatriz, com informações da assessoria.17/12/2014 às 22h02

IMPERATRIZ – Depois de matéria veiculada em rede nacional mostrando as várias ambulâncias do Serviço Atendimento Móvel de Urgência (Samu) jogadas no pátio da Prefeitura de Imperatriz, a Secretaria Municipal de Saúde informou que os veículos serão leiloados.

De acordo com a secretária municipal de Saúde, Conceição Madeira, as ambulâncias que se encontram no pátio da prefeitura tratam-se de veículos que não têm mais utilidade para o município, pois sua reforma é economicamente inviável.

"Utilizar veículos que não têm as mínimas condições de tráfego é colocar em risco a vida dos pacientes que estão sendo transportados e não podemos compactuar com isso", afirma o prefeito Sebastião Madeira.

Além das ambulâncias, cerca de 20 veículos, entre carros e motos, estão inclusos neste processo, a maioria sucatas e que só terá utilidade para ferro velho. Ainda segundo secretaria, já foi feito um levantamento da frota que será leiloada e toda a documentação está sendo preparada. O leilão deve ocorrer assim que a Câmara Municipal aprovar o projeto de lei que autoriza a prefeitura a realizar a venda.

De acordo com as Portarias GM/MS 1.863 e 1.864 de 29/09/2003 l que tratam sobre renovação de frota das ambulâncias da Rede Nacional Samu, um dos critérios levado em consideração para descarte de um veículo é o período mínimo de uso compreendido de três anos ou quilometragem mínima de 300.000km rodados.

A secretaria ressalta que a frota do Samu, em Imperatriz, foi renovada este ano e que as ambulâncias largadas no pátio da prefeitura não prejudicam o atendimento. A Semus não informou o que deve ser feito para eliminar a água parada que se acumula nos veículo, água que pode virar criadouros do mosquito transmissor da dengue.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.