Poluição sonora

Sepluma capacita agentes para fiscalizar poluição sonora

Fiscalização visa combate o abuso sonoro cometido por som automotivo.
Imirante Imperatriz com informações da assessoria02/11/2014 às 20h01

IMPERATRIZ - Técnicos da Secretria de Planejamento Urbano e Meio Ambiente (Sepluma) começaram a capacitar os agentes de Trânsito para atuar no trabalho de fiscalização, principalmente, contra o abuso sonoro cometido por som automotivo e veículos de propaganda.

De acordo com o analista ambiental Anwar Amorim, policiais militares participaram, durante um mês do curso, de capacitação para reforçar o efetivo combate à poluição sonora, utilizando o equipamento Medidor de Nível de Pressão Sonora (MNPS), conhecido como decibelímetro.

Equipamentos

Doados pelo Ministério Público do Maranhão, Anwar Amorim informou que a Polícia Militar, a Secretaria de Trânsito e a de Meio Ambiente dispõem, cada uma, de quatro aparelhos decibelímetros que serão utilizados durante ações de fiscalização em Imperatriz.

Aferição

Até o ano passado, o serviço de som somente era realizado pelos técnicos da Secretaria de Meio Ambiente, mas, após o curso, esses dois órgãos estarão aptos a desempenhar o trabalho de fiscalização e apreensão de veículos que cometerem abusos com som automotivo.

Saiba mais

O decibelímetro é, normalmente, calibrado para ler o nível de som em decibéis (uma unidade logarítmica), cujo limite da audição humana é de, aproximadamente, 0dB (equivalente a 20uPa) para um ouvido humano normal, e o limite antes da dor (sons extremamente altos) é de, aproximadamente, 120 dB.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.