Prevenção

Dengue: agentes de endemias intensificam vistorias

Nas visitas os agentes destroem os principais focos de reprodução do mosquito.
Jefferson Sousa/ Imirante Imperatriz22/01/2014 às 09h07

IMPERATRIZ – Com o período chuvoso, a preocupação com o mosquito transmissor da dengue aumenta. De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, os casos da doença se intensificam nesse período, que vai de janeiro a abril. Para evitar a proliferação do mosquito, a equipe de agentes de endemias foi reforçada e a vigilância epidemiológica pretende visitar cerca de dezessete mil imóveis este ano.

No ano passado, Imperatriz registrou 253 casos de dengue, uma queda em relação ao número de 2012, que contabilizou 278 casos. Para que esse número continue diminuindo, o coordenador do departamento de vigilância epidemiológica, José de Ribamar Silva, disse que a equipe de visita foi reforçada com nove agentes, para somar com os 200 que já fazem visitas durante o ano.

Segundo José de Ribamar, a maior dificuldade em relação à vistoria dos agentes são os imóveis fechados. No ano passado, 10% dos imóveis estavam fechados ou não permitiram a entrada dos agentes de endemias, dificultando a prevenção contra o mosquito da dengue.

Durante as visitas, os agentes de endemias repassam dicas de como evitar a doença e destroem os principais focos de reprodução do mosquito. Evitar água parada onde o Aedes Aegypti possa se reproduzir é a melhor alternativa para prevenir a doença.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.