Calçadão

Calçadão começa a ser desobstruído

A construção da "linha vermelha" tem prazo de 90 dias, mas deve ser concluída antes para não prejudicar as vendas no local.
Tátyna Viana / Imirante Imperatriz21/10/2013 às 21h05

IMPERATRIZ – Por intermédio da Secretaria de Infraestrutura (Sinfra), começou nesta segunda-feira (21) a criação de uma “linha vermelha” no Calçadão de Imperatriz. A obra tem prazo de 90 dias para conclusão e consiste na criação de uma espécie de faixa, no meio do calçadão, exclusiva para a passagem de veículos em casos de emergência, a exemplo das ambulâncias do Samu, veículos da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros.

A desobstrução é resultado de uma ação do Ministério Público. O problema começou a ser discutido ainda no início do ano, em reunião entre a prefeitura, Defesa Civil, Corpo de Bombeiros, lojistas e MP.

O Corpo de Bombeiros fez uma vistoria no local e solicitou a retirada de bancos, placas e até das árvores que impedem a entrada dos caminhões de combate a incêndio. Na época, para que fosse preservada a estrutura do Calçadão, a Defesa Civil propôs a instalação de hidrantes no local. Mas o Ministério Público entrou com uma ação por medida de segurança, com base no relatório dos bombeiros.

A Defesa Civil está acompanhando as obras e, de acordo com o superintendente Francisco das Chagas, elas devem ser concluídas antes dos 90 dias, para não prejudicar as vendas no Calçadão.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.