Capacitação

Segurança faz capacitação para o Programa ‘Crack, é preciso vencer’

O principal objetivo é formar 40 membros da segurança pública na abordagem de dependentes químicos.
Safira Pinho/ Imirante Imperatriz05/08/2013 às 13h31

IMPERATRIZ- Na manhã desta, segunda-feira (5), órgãos da segurança pública participaram de uma capacitação do Programa “Crack, é possível vencer”, realizada pelo Pacto Federativo, com o Ministério da Justiça e Governo do Estado do Maranhão, no auditório da Secretária de Saúde, no Centro da cidade. O principal objetivo é formar 40 membros entre policias militares, civis, bombeiros, guardas municipais para serem capacitados e atuarem no enfrentamento à criminalidade, além de instruir o policial a lidar com o usuário de drogas. O encontro segue até o dia 30 de agosto.

“Este programa é uma iniciativa do Governo Federal, junto com o Governo do Estado que agrega municípios, no combate do craque, que é o grande flagelo que assola a sociedade brasileira. Ele visa juntar todos os atores, educação, saúde e segurança, para que esse dependente químico saia das ruas e possa ser tratado e reinserido no seio da sociedade”, ressaltou o Secretário Adjunto de Desenvolvimento e Articulação Institucional, Antônio Roberto dos Santos.

O programa atenderá usuários de crack e realizará ações de prevenção para reduzir o uso abusivo e os prejuízos relacionados ao consumo de drogas. Também será instalado na cidade o Centro Pop, núcleo que prestará atendimento e o encaminhamento dos dependentes químicos que desejar abandonar o vício das drogas.

Amanhã (6), o prefeito de Imperatriz, Sebastião Madeira, junto ao Governo do Estado, o vice-governador, Washington Luiz, e o comitê de gestores de São Luís e Imperatriz viajarão para Brasília, para participar da assinatura da pactuação do Programa “Crack, é é preciso vencer, feita pela a presidente Dilma Roussef.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.