Polícia

Fim de semana foi o mais violento do ano, admite Polícia Civil

O caso mais chocante foi o do tiroteio na região da Beira Rio.
João Rodrigues e Safira Pinho/ Imirante Imperatriz20/05/2013 às 09h52

IMPERATRIZ- O fim de semana foi um dos mais violentos do ano, até agora, conforme admite a Polícia Civil. De sexta-feira até domingo foram quatro homicídios e uma tentativa de assassinato à tiros.

Os crimes começaram na última sexta-feira (17), quando desconhecidos mataram um homem com dois tiros na cabeça, na rua Tupinambá, entre a rua Alagoas e a BR-010, no setor da antiga rodoviária. A Polícia já tem um suspeito e a linha de investigação predominante é de latrocínio (roubo seguido de morte).

A policia tem um suspeito no caso do tiroteio acontecido no setor Beira Rio que resultou na morte de Jaciele Cardoso Nascimento, 31 anos, atingida por uma bala perdida quando falava ao celular e, um adolescente de 14 anosencontra-se internado em estado grave no Hospital Municipal.

No bairro Imigrantes a vítima foi Thiago Wesley Vasconcellos de Sousa, morador da Vila Macedo, que foi alvejado com três tiros. Segundo a policia, Thiago já tinha passagem pela polícia por vários crimes. Não há suspeitos.

No bairro Boca da Mota, Antônio Gleison da Silva, de 19, anos foi morto a tiros quando havia acabado de deixar a namorada na casa dela. Os suspeitos são dois homens que estavam em uma motocicleta de cor preta. O delegado Francisco de Assis Ramos, titular da Delegacia Regional de Imperatriz, disse ainda que o rapaz pode ter sido morto com resultado de uma rixa entre gangues.

A polícia também já começou a investigar a tentativa de assassinato contra Raimundo Kenedy Barros. O caso aconteceu por volta das 19h de domingo na Vila Vitória e os suspeitos são dois homens que estavam em uma motocicleta.

Com os quatro homicídios sobe para 13 o número de homicídios registrados em Imperatriz em maio. O delegado Assis Ramos admitiu que o fim de semana foi um dos mais violentos do ano, até agora, e acrescentou que , na maioria dos crimes, há envolvimento do tráfico de drogas.

Para ler mais notícias do Imirante, clique em imirante.com. Também siga o Imirante no Twitter e curta nossa página no Facebook.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.