Economia

Gás de cozinha tem reajuste de 11% em Imperatriz

Os distribuidores atribuem o aumento, principalmente, à alta do combustível.
Tátyna Viana / Imirante Imperatriz 28/04/2013 às 09h27

IMPERATRIZ – O percentual de reajuste aplicado no valor do botijão de gás de cozinha (GLP), de 13 kg, foi de 11 %, em Imperatriz, seguindo a tendência de outras cidades circunvizinhas e da capital do Estado. Passou de R$ 45, para R$ 50 reais, em média, em todos os depósitos da cidade.

Segundo o distribuidor Kleber Logrado, a explicação para o aumento é que o último reajuste do produto aconteceu no ano passado, e o salário mínimo foi reajustado ainda em janeiro, além do aumento do combustível repassado pela Agência Nacional do Petróleo (ANP).

“Como esse reajuste foi repassado em praticamente todos os depósitos da cidade, nós fazemos um alerta: quem comprar um botijão de gás por menos de R$ 48, pode estar sendo lesado”, acrescentou kleber.

Segundo pesquisas do IBGE, O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, o botijão de 13 kg, que é o mais usado nas casas, leva quase dois meses para ser consumido pelas famílias.

Para ler mais notícias do Imirante, clique em imirante.com. Também siga o Imirante no Twitter e curta nossa página no Facebook.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.