Imperatriz

Contabilista pode ter sido vítima de pistolagem

Homem de 40 anos foi morto com quatro tiros, ontem à noite, em Imperatriz.
João Rodrigues/Imirante 20/07/2009 às 16h51

IMPERATRIZ — O fato de nenhum pertence ter sido roubado está levando a família a acreditar que o contabilista Jonas Magno Oliveira de Sousa, tenha sido vitima de mais um crime de pistolagem. O homem de 40 anos foi morto com quatro tiros, por volta das 19h do último domingo (19) na porta de sua residência, localizada na rua João Lisboa, no Centro.

A esposa da vítima, Socorro Silva, disse que por pouco não presenciou o homicídio cujas características são de “crime de encomenda”. Ela lembrou que um dos recursos que ajudariam a polícia seria as imagens de câmeras do circuito de TV de uma ótica. No entanto, os equipamentos estavam desligados no momento do crime.

A Polícia Federal descartou que o homem tivesse sido preso durante a Operação Rapina III.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.