Homem é autuado em flagrante acusado de extorsão

O Progresso 04/05/2004 às 11h17

IMPERATRIZ - Foi preso ontem pelos agentes da Polícia Civil, que trabalham no 2º Distrito, Marlos Erick e Parazinho, o elemento Alvino Rocha Lima, 26, que reside à Rua 9, casa 169, Parque São José, periférico de Imperatriz.

Sobre Alvino Rocha Lima pesa a acusação de crime de extorsão contra o comerciante Raimundo Camelo, que trabalha na área da grande Santa Rita, com o comércio de compra e venda de cereais.

Segundo informações do comerciante Raimundo Camelo, Alvino Rocha Lima há vários dias que vinha fazendo ligações para sua residência, o que já tinha deixado-o em pânico, toda a sua família. Entre os seus familiares uma filha ainda adolescente, que já estava aterrorizada.

O homem que ligava para a residência de Raimundo Camelo - que depois ficou comprovado que era Alvino Rocha Lima – dizia que tinha sido contratado para matá-lo e que o valor que receberia seria de R$ 3 mil. Sempre dizia nos telefonemas que se Raimundo Camelo o pagasse a mesma quantia, ele desistiria.

O comerciante Raimundo Camelo comunicou o fato à polícia e por intermédio da delegada Bernadete da Graça Teodoro, da equipe do 2º Distrito Policial, conseguiu através da Telemar, grampear o telefone de Alvino Rocha Lima. A área onde ele morava foi cercada e ontem os policiais conseguiram prendê-lo. A Alvino Rocha Lima não teve outra alternativa, senão a de confessar o crime.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.