Maranhão

Errata: Imirante esclarece prisão em Igarapé Grande

Prisão envolveu outras pessoas, não o vice-prefeito como havia sido informado.
Imirante.com04/02/2015 às 12h01

IGARAPÉ GRANDE - O Imirante.com errou ao informar, na manhã desta quarta-feira (4), que o vice-prefeito de Igarapé Grande, Erlânio Xavier, havia sido preso com duas armas.

Na verdade, em cumprimento a mandados de busca na fazenda Jenipapo, no município, a polícia prendeu, hoje, Arlindo Moura Xavier, de 66 anos; o filho dele, Cleverson Furtado Lima Xavier; e Cícero Juliano dos Santos, conhecido como "Júlio". Também foi preso Luís Oliveira Alves, conhecido como "Zé do Caixão". As informações foram confirmadas pela assessoria da Secretaria Estadual de Segurança Pública (SSP-MA).

De acordo com informações repassadas pelo delegado Jânio Pinheiro, responsável pelo caso, todos são suspeitos de envolvimento no homicídio de um casal no dia 27 de janeiro, no município.

Os policiais encontraram, na fazenda, duas armas de fogo: um revólver calibre 38 e uma pistola. Segundo as investigações, a motivação do homicídio seria uma briga durante uma festa.

O Imirante.com tentou entrar em contato por telefone, mas não conseguiu falar com o vice-prefeito de Igarapé Grande.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.