Meio Ambiente

Universitários realizam expedição no Rio Grajaú

O evento também com a participação do pesquisador Peter Eaton, da Universidade do Porto.
Imirante Imperatriz, com informações da Assessoria.28/11/2015 às 15h04

GRAJAÚ – Alunos e professores da Universidade Federal do Maranhão (UFMA), Campus Grajaú, realizaram uma expedição ao Rio Grajaú para identificação de espécies de plantas nativas bem como anfíbios regionais.

O projeto de pesquisa realiza buscas de peptídeos antimicrobianos em secreções de anfíbios para uso biotecnológico e desenvolvimento de futuros medicamentos. As atividades de campo também contaram com visitas à aldeia indígena Bacurizinho e ao Rio Mearim.

“Precisamos cada vez mais resgatar a cultura indígena tradicional para preservar e conhecer o potencial biotecnológico de espécies nativas que ainda são bastante utilizadas pelas comunidades indígenas na região de Grajaú”, destacou o coordenador do Grupo de Pesquisa em Ciências Naturais e Biotecnologia (Cienatec), professor Jefferson Almeida.

Na oportunidade foi realizado o I Seminário Internacional em Ciências Naturais e Biotecnologia, no Campus de Grajaú. Durante o evento foram realizadas palestras que discutiram temas como pesquisa em biotecnologia, síntese e caracterização de materiais multiferríocos, entre outros temas.

O evento também com a participação do pesquisador Peter Eaton, da Universidade do Porto, em Portugal, e o professor Etielle Andrade do Instituto Federal do Piauí (IFPI).

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.