Reunião

Indígenas cobram melhorias nas aldeias na Região Central

Participaram do encontro índios Krepim Kateje e Guajajara.
Imirante Imperatriz, com informações da Assessoria.20/11/2015 às 22h04

GRAJAÚ – Em reunião realizada em Grajaú, índios Krepim Kateje e Guajajara discutiram melhorias para as aldeias e para a vida dos indígenas. Um documento foi elaborado e assinado pelos presentes, firmando compromissos nas áreas da saúde, educação e direitos dos povos indígenas.

“Os órgãos presentes tomaram conhecimento e se comprometem nos pontos descritos em documento”, afirma o relatório, resultado da reunião entre os representantes do poder público e os indígenas.

Participaram do encontro representantes do governo do estadual, dos povos indígenas Krepim Kateje, município de Itaipava do Grajaú, e Guajajara, da Aldeia Mussum/ Terra Indígena Lagoa Comprida, de Jenipapo dos Vieira.

Também estiveram presentes representantes do Distrito Sanitário Especial Indígena (DSEI), Secretaria Especial de Saúde Indígena (Sesai), Prefeitura de Itaipava do Grajaú e Câmara Municipal de Grajaú.

No início do mês passado, índios das etnias Krikatis, Guajajaras, Gaviões, Kreniê, Canela e comunidades quilombolas ocuparam a sede da Fundação Nacional do Índio (Funai), em Imperatriz, por conta de atraso da demarcação de terras e, também, a ocupação indevida de reservas e a grilagem de terras, que ameaça a tranquilidade das tribos.

Em setembro, uma equipe da Secretaria Especial de Saúde Indígena (Sesai), formada por um médico, um dentista e um motorista, foi mantida refém por índios Timbiras, da tribo Krepym Kateje, em Itaipava do Grajaú. Os índios reivindicavam melhorias no posto de saúde, um técnico de enfermagem no local e a construção de um poço artesiano.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.