Ministério Público

Grajaú: MP recomenda retirada de animais das ruas

Foi concedido prazo para recolhimento dos animais.
Divulgação / Assessoria08/04/2014 às 17h03

GRAJAÚ - Em razão do grande número de animais soltos em vias e logradouros públicos com sinais de abandono, a 1ª Promotoria de Justiça da Comarca de Grajaú expediu Recomendação, nesta terça-feira (08), ao prefeito Júnior de Sousa Otsuka, para que adote as providências adequadas que a situação exige.

Foi concedido um prazo de 60 dias para os animais serem recolhidos e entregues aos proprietários, após o pagamento de multas e encargos devidos.

Autor da manifestação, o promotor de justiça Carlos Róstão Martins Freitas observa que, soltos, alguns animais disseminam doenças, como a raiva e a leishmaniose. Além disso, bovinos, equinos e asininos são responsáveis por diversos acidentes de trânsito, muitos com vítimas. "A presença de animais nas ruas e praças coloca em risco o patrimônio público municipal, o meio ambiente e a integridade física das pessoas que transitam nas vias públicas deste município", afirma o promotor de justiça.

A Recomendação sugere também a adoção de medidas necessárias para a implementação de um programa ou política de proteção contra a poluição ambiental e danos à saúde pública decorrente da criação de bovinos, equinos, caprinos, suínos, na área urbana. A mesma cobrança foi feita em relação ao controle da população de cães e gatos em situação de rua, garantindo um controle de doenças.

Outra medida recomendada no documento é a apresentação à Câmara de Vereadores de um projeto de lei para a criação da Vigilância Sanitária municipal, atualização da legislação e adequação do orçamento atual e futuro às necessidades decorrentes dessas providências.

O município de Grajaú fica localizado a 557km de São Luís.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.