Educação

Sindicato dos professores ameaça entrar na Justiça contra prefeito

Os servidores contratados estão com salários atrasados.
Diana Cardoso / Imirante Imperatriz29/10/2015 às 13h02

GOVERNADOR EDISON LOBÃO – Os professores e trabalhadores da rede municipal de ensino público de Governador Edison Lobão, município distante a 30 km de Imperatriz, continuam com o impasse em relação ao pagamento de funcionários.

De acordo com informações do presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Estabelecimentos de Ensino de Governador Edson Lobão (Sinteegel), Lindomar Costa, o gestor público realizou nesta quinta-feira (29), apenas o pagamento dos salários dos concursados. Os 202 servidores contratos continuam sem receber os pagamentos.

“Paralisamos as atividades desde semana passada, porque toda a categoria estava sem receber os salários. Quando foi hoje, o prefeito pagou apenas os concursados. Todos os contratados ainda estão sem receber. O prefeito alega que não tem dinheiro. Se o pagamento não foi feito até amanhã o sindicato vai entrar com ação na Justiça”, informou o presidente.

Entenda o caso

Todos os trabalhadores da Educação paralisaram as atividades desde da última quarta-feira (21), com uma forma de pressionar o gestor municipal a realizar o pagamento de salários e benéficos atrasados.

Na quinta-feira (22), a categoria realizou um protesto na Câmara Municipal de Vereadores do município. Não é a primeira vez que os trabalhadores realizam protesto e manifestações contra a falta de pagamentos em dias de salários e benefícios.

Leia Mais:

Professores de Gov. Ed. Lobão protestam por salários atrasados

Protesto de professores fecha BR-010 em Gov.Edison Lobão

Professores de Gov Ed. Lobão paralisam atividades

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.