Vela

Maranhense Bruno Lima, do Time Fribal, disputa a Copa Brasil de Vela

Competição nacional ocorrerá em Ilhabela (SP) durante esta semana
Com informações da assessoria 11/10/2021 às 19h04
Maranhense Bruno Lima, do Time Fribal, disputa a Copa Brasil de VelaBruno Lima chega como um dos favoritos na Copa Brasil de Vela (Divulgação )

SÃO LUÍS - A partir desta quinta-feira, 14, o kitesurfista maranhense Bruno Lima, do Time Fribal, estará na disputa da IX Copa Brasil de Vela, competição nacional que será realizada em Ilhabela (SP). O atleta, que conta com os patrocínios do governo do Estado e da Fribal por meio da Lei Estadual de Incentivo ao Esporte, chega a este evento como um dos favoritos a conquistar a medalha de ouro.

Bruninho, que no ano passado foi campeão na categoria Sub-23 e vice no geral, quer aproveitar a oportunidade para chegar ao topo do pódio nesta competição. “Estou bem preparado e espero ter um bom desempenho na Copa Brasil de Vela. Vou dar o melhor para conquistar o título deste ano”, disse.

Em 2021, Brunino já participou do Pan-Americano realizado em Cabarete, na República Dominicana. Na ocasião, o atleta do Time Fribal foi bem e, atualmente, está entre os cinco melhores kitesurfistas das Américas.

“Foram dias incríveis e de muito aprendizado ao lado de alguns dos melhores atletas do mundo. Feliz com a 5ª posição que conquistei com muito suor, trabalho duro e determinação na minha primeira participação em um Pan-Americano de kite. Muito obrigado a todos que, de alguma forma, estão ao meu lado me dando forças e me apoiando. Um agradecimento especial aos meus patrocinadores, Fribal e governo do Estado, pela confiança”, concluiu.

Socorro Reis no Mundial

Também durante esta semana, a kitesurfista maranhense Socorro Reis, que também integra o Time Fribal, compete no Campeonato Mundial de Kitesurf, competição que será realizada em Torre Grande, na Itália. Atual tetracampeã brasileira e campeã sul-americana de Hydrofoil, Socorrinho, que conta com os patrocínios do governo do Estado e da Fribal por meio da Lei Estadual de Incentivo ao Esporte, é o principal nome do kitesurf feminino no país.

Para este evento de altíssimo nível técnico, a maranhense planeja ficar entre as dez melhores. De acordo com Socorrinho, o Mundial na Itália abre o ciclo olímpico para o kitesurf, modalidade que vai estrear nos Jogos Olímpicos de Paris, em 2024, e, por isso, é importante começar bem e velejar ao lado das melhores atletas do planeta.

“É um evento importantíssimo porque vamos conseguir ver o que precisaremos realmente melhorar para brigar pela vaga olímpica. Quero chegar no Top 10 neste Mundial. Se eu conseguir mais do que isso, já vai ser uma vitória imensa. Para chegar ao topo, precisamos subir degrau em degrau. Por isso, chegar entre as 10 melhores do mundo neste campeonato é o primeiro degrau”, afirmou a atleta do Time Fribal, que já embarcou para a Europa.

Vale destacar que, a partir da Olimpíadas de Paris, em 2024, o kitesurf fará parte do programa olímpico.

Leia outras notícias em ImiranteEsporte.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.