Rally dos Sertões

Sertões: Fabio Cadasso/Artur de Carvalho, a cada etapa, conquistam melhor colocação

Nessa 4ª etapa, a dupla maranhense, avança na classificação do UTVs e está em 6º no acumulado da Over 45.
Imirante Esporte, com informações da assessoria04/11/2020 às 21h54
Sertões: Fabio Cadasso/Artur de Carvalho, a cada etapa, conquistam melhor colocaçãoOs 60 km finais foram em um estradão de altíssima velocidade com muitas curvas, que exigiu demais dos competidores. ( Foto: Divulgação)

SÃO LUÍS - Pé no acelerador e a mente atenta para não levar nenhuma punição e não forçar exageradamente o carro. É assim que segue o maranhense, Fabio Cadasso, que em sua nona participação no Sertões, já correu de caminhão, carro, moto e quadriciclo, e agora estreia nos UTVs, com estratégia, sabedoria e garra. Nessa 4ª etapa, de Campos Belos/GO, pertinho da divisa com Tocantins, até a próxima Bolha em Palmas/TO, após um percurso difícil, com seu Can-Am Maverick X3, # 253, um verdadeiro teste de raça e coragem, piloto e seu navegador Artur de Carvalho chegam em 6ª na Over 45 (4h33min42) e, no acumulado, estão em 6º na categoria.

“A etapa foi bem dura. Foram 25 km de deslocamento inicial, depois 329 km de trecho cronometrado e foi muito difícil pegar, ainda, 300 km de deslocamento final no asfalto, logo depois de uma especial com muita velocidade, piso solto e trial”, conta Cadasso, que já conquistou seis pódios na prova, um deles como vice-campeão na Production T2.

Os 60 km finais foram em um estradão de altíssima velocidade com muitas curvas, que exigiu demais dos competidores. Segundo o piloto, a dupla andou muito bem. “Foi bacana a navegação do Artur, tanto que passamos alguns pilotos que erraram a trilha. Por isso a gente terminou bem colocado. No acumulado subimos uma colocação. Estamos subindo aos poucos. Caminhando conforme prevíamos”, continua Cadasso. A boa notícia também é que não tiveram nenhum problema com o UTV. “Agora temos que fazer uma manutenção preventiva no veículo. Amanhã teremos outra etapa difícil, que já entra no Maranhão, quando esperamos pular mais uma posição”.

A dupla de São Luís compete com a própria equipe, a Cadasso Racing. Carvalho, que no ano passado estreou no Sertões nos UTVs e está há nove anos no off-road. Nos quadriciclos, o navegador já foi pentacampeão do Rally Cerapió e bicampeão maranhense, entre outras conquistas.

A 5ª etapa terá um total de 612 km, sendo 337 km de trechos cronometrados. A caravana sairá de Palmas/TO e já entrará no Maranhão. Essa 28ª edição está cruzando cinco Estados – São Paulo, Minas Gerais, Goiás, Tocantins, Maranhão – e o Distrito Federal. No total serão percorridos, em sete dias, 4.567 quilômetros, dos quais 1.842 de trechos cronometrados (Especiais). Neste ano, a caravana do Sertões percorre de Bolha em Bolha, os parques de apoio da prova serão fora do perímetro urbano para evitar aglomerações e não haverá público, seguindo os protocolos de segurança.

Leia outras notícias em ImiranteEsporte.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.