Infantil: Masculino e Feminino

Escola Comecinho de Vida conquista título por equipes no Karatê

Comecinho de Vida levará para a cidade de Anajatuba três medalhas: uma de ouro, uma de prata e uma de bronze.
Imirante.com / com informações da assessoria29/08/2017 às 09h42

SÃO LUÍS - A escola Comecinho de Vida, de Anajatuba, se destacou e conquistou o título por equipes no Karatê infantil dos Jogos Escolares Maranhenses (JEMs), tanto no masculino quanto no feminino. No quadro geral de medalhas, a escola concluiu a competição com nove medalhas.

No Masculino, a escola conquistou duas medalhas de prata e duas medalhas de bronze. Os atletas da escola Cebama ficaram logo atrás com duas medalhas de ouro uma de bronze. O Cefram veio em seguida com uma medalha de ouro e uma de prata.

Nas disputas do Karatê Feminino, o Comecinho de Vida também terminou a competição liderando o quadro de medalhas. Foram duas medalhas de ouro, uma de prata e duas de bronze. Estado de Alagoas terminou na segunda colocação com uma medalha de ouro, duas de prata e duas de bronze. Na terceira posição ficou a escola Cebama, com uma medalha de ouro e uma de prata.

A atleta destaque da escola Comecinho de Vida levará para a cidade de Anajatuba três medalhas: uma de ouro, uma de prata e uma de bronze. Sabrina Sousa, de 12 anos, sonha alto na carreira e busca as disputas de competições nacionais e já pensa nas Olimpíadas. A jovem atleta não precisou de incentivos para ingressar na vida esportiva. Desde cedo pediu a mãe que a colocasse para treinar Karatê, a mãe não pestanejou e acompanha a filha em todas as competições. “Partiu dela o interesse. Começou com dez anos. Ela sempre teve o desejo de participar dos JEMs e conquistar competições mundo à fora”, disse a mãe de Sabrina, a professora Jenifer Sousa Rego.

Sabrina conquistou os JEMs na modalidade Shia Kumitê em 2016, neste ano ficou com o bronze, o ouro desta vez veio nas disputas por equipe. “Eu treino bastante. Escuto os conselhos do meu sensei. Eu queria manter o título do ano passado, mas não deu. Vou continuar treinando para conquistar cada vez mais títulos para Anajatuba e para o Maranhão”, concluiu a garota.

Leia outras notícias em ImiranteEsporte.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.