Série C

Marlon conta com apoio da torcida para garantir classificação

Para o jogador, a participação da torcida é indispensável.
Heider Matos/Imirante Esporte09/08/2017 às 11h22

SÃO LUÍS – Nas campanhas de acesso às Séries C (2012) e B (2013), a torcida desempenhou um papel importante e foi fundamental para os acessos seguidos. Em todos os jogos, o Castelão era tomado pela nação tricolor, que não cansava de incentivar o time. Na campanha atual, mesmo com os bons resultados a participação dos torcedores ainda é tímida se comparada aos anos de 2012, 2013 e 2014 (primeiro ano do Sampaio na Série B).

Lutando pela classificação para a fase de quartas de finais da Série C, o Sampaio Corrêa conta com esse mesmo apoio de outras temporadas. Para Marlon, a participação da torcida é indispensável. “Estamos sempre nessa luta dentro do G-4. Então, o nosso torcedor tem que ser o 12º jogador. Temos agora duas partidas dentro de casa de muita dificuldade. A torcida tem comparecer. É hora de abraçar o time nessa hora, pois, a gente está no caminho certo”, comentou o jogador.

Os próximos adversários têm objetivos distintos no torneio. O Confiança luta para fugir do rebaixamento e o Fortaleza é adversário direto do Sampaio. “É manter o mesmo foco, mesma personalidade para jogar que a gente está no caminho certo. Temos dois jogos dentro de casa. Temos que ter muita atenção. Vamos enfrentar dois adversários muito difíceis. Um é o Confiança, que está brigando na parte de cima da tabela e outro é o Fortaleza que é o nosso concorrente que está brigando por uma vaga entre os quatro. A gente tem uma semana boa para trabalhar”, concluiu Marlon.

Terceiro colocado, com 22 pontos, no Grupo A da Série C do Campeonato Brasileiro, o Sampaio enfrenta no próximo sábado (12) o Confiança é penúltimo com 13 pontos, mesma pontuação do Moto Club.

Leia outras notícias em ImiranteEsporte.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.