Renovação

''Era Sérgio Frota'' no Sampaio terminará no fim de 2017

Presidente do clube desde 2008, Frota confirmou saída no fim do ano.
Paulo de Tarso Jr./Imirante Esporte02/03/2017 às 11h37

SÃO LUÍS - A “Era Sérgio Frota” no comando do Sampaio Corrêa já tem prazo para terminar. Presidente do clube maranhense desde 2008, Frota declarou que deixará a presidência da equipe tricolor no fim de 2017, quando terminará o seu mandato referente ao biênio 2016/2017. Dirigente mais vitorioso da história do Sampaio, Frota disse, em entrevista à rádio Mirante AM, que é preciso existir alternância de poder na democracia do futebol.

Quando assumiu o clube, Sérgio Frota recebeu o Sampaio Corrêa na Série C do Campeonato Brasileiro. Em quase dez anos, o time chegou a ser rebaixado para a Série D em 2009, mas teve forças para conseguir dois acessos consecutivos em 2012 e 2013. Em 2014, o time maranhense voltou a jogar a Série B. No entanto, no ano passado o Sampaio acabou sendo rebaixado da Segunda Divisão. No âmbito estadual, o clube foi campeão quatro vezes: 2010, 2011, 2012 e 2014.

“Vou fazer dez anos no comando do Sampaio. É preciso ter uma alternância de poder. Tenho certeza de que saio deixando um legado positivo. É importante que haja renovação. Vou continuar sempre a pensar e a trabalhar pelo Sampaio e pelo futebol maranhense porque sou apaixonado pelo futebol. Não tem como largar”, disse o dirigente.

Questionado sobre ter usado o Sampaio Corrêa como “trampolim” político, já que conseguiu se eleger vereador de São Luís e, posteriormente, deputado estadual, Sérgio Frota disse que este processo foi “natural”.

“Nunca quis ser político na minha vida. Hoje sou político por convicção porque acho que o problema do nosso país é politico”, concluiu.

Leia outras notícias em ImiranteEsporte.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.