Otimismo

Após vitória no UFC, maranhense fala em título mundial

Caio Borralho, que bateu russo na sua primeira luta, exaltou seu desempenho também.

Eduardo Lindoso / Imirante Espoerte

- Atualizada em 18/04/2022 às 13h19
Caio Borralho iniciou UFC com vitória em Las Vegas
Caio Borralho iniciou UFC com vitória em Las Vegas (Evelyn Rodrigues / Canal Combate)

SÃO LUÍS – O lutador maranhense Caio Borralho, que no último fim de semana venceu na sua estreia no Ultimate Fighting Championship (UFC), diante do russo Gadzhi Omargadzhiev, na categoria peso-médio (77,5 até 84 kg), falou, em entrevista ao canal Combate, sobre a luta. Sem mostrar timidez, o lutador falou em “monólogo”, para citar seu domínio no confronto, em Las Vegas, e afirmou ainda que será campeão mundial. 

LEIA MAIS 

Lutador maranhense Caio Borralho vence em estreia no UFC

O maranhense venceu a luta depois de Omargadzhiev não ter mais condições de lutar, segundo o árbitro. Agora, Caio tem um cartel com 11 vitórias e apenas uma derrota. E ele falou sobre seu domínio na luta de estreia no UFC.

“Foi uma atuação perfeita, foi um monólogo a luta inteira, dominei em pé, dominei no chão, controlei a distância, trombei na hora que eu quis...Tiveram uns dois chutes que eu dei que ele pegou meu pé e acabou saindo um pouco do controle, mas acho que fiz tudo que treinei. A joelhada voadora estava bem treinada, a defesa do overhand estava bem treinada, e principalmente a defesa da chave de pé e de joelho, que ele é muito bom nisso. A gente treinou a semana inteira essa defesa de matar o quadril dele, eu estava calmo e tranquilo para fazer na hora. Fiquei muito feliz com a minha performance”, disse Caio.

Borralho falou ainda sobre seus planos no UFC e garantiu que será campeão mundial. “Acho que em julho ou agosto vou estar pronto para lutar, quero galgar meu espaço no topo aos poucos. Não quero apressar nada, então não quero nenhum lutador ranqueado agora, não preciso disso. Já vi vários caras bons que apressaram as coisas e acabaram perdendo as lutas e saindo do UFC. O meu objetivo é ir ganhando as lutas, manter o contrato, renovar o contrato e ir fazendo isso aos poucos, e tenho certeza absoluta, olhando no fundo dos seus olhos, que vou ser campeão do mundo.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.