Estreantes em Pans

Larissa Pimenta e Renan Torres conquistam ouro em Lima

Primeiro dia de disputas da modalidade na capital peruana foi dourado para o Time Brasil.
Imirante Esporte, com informações do COB08/08/2019 às 22h02
Larissa Pimenta e Renan Torres conquistam ouro em LimaO primeiro pódio do judô brasileiro em Lima foi logo de ouro. ( Foto; Washington Alves/COB)

LIMA - O judô brasileiro estreou bem nos Jogos Pan-americanos de Lima nesta quinta-feira, dia 8, com duas medalhas de ouro. Os jovens Renan Torres (60kg) e Larissa Pimenta (52kg) se sagraram campeões da competição continental logo em suas primeiras participações. Já Larissa Farias (48kg) ficou na quinta colocação.

O primeiro pódio do judô brasileiro em Lima foi logo de ouro. O paranaense Renan Torres derrotou o equatoriano Lenin Preciado, campeão em Toronto 2015, por wazari no Golden score e sagrou-se campeão dos Jogos Pan-americanos em sua estreia na competição.

“É uma emoção diferente. Jogos Pan-Americanos é totalmente diferente para mim. Fiz lutas duras. É muito legal isso”, celebrou Renan, que analisou a final. “Eu já tinha perdido para ele (Preciado) uma vez, mas entrei mais forte hoje. Estudei bastante ele, estava bem confiante. Foi uma luta dura e eu senti que ia jogar ele”, destacou o jovem de 20 anos.

Treinadora da equipe masculina de judô, Yuko Fuji exaltou a importância desta conquista para o restante da competição.

“Ele é novo, mas manteve a calma e fez tudo o que estava planejado. Fiquei impressionada com a performance dele. Principalmente por ter sido no primeiro dia, foi muito importante essa medalha de ouro para nossa equipe”, afirmou Yuko.

Logo depois, foi a vez de Larissa Pimenta confirmar mais uma medalha dourada para o Time Brasil em Lima. Na final, venceu Luz Olivera, do México, em mais uma luta vencida no Golden score pela brasileira. Na semifinal, contra a cubana, Pimenta também precisou do tempo extra para sair com a vitória.

“Os Jogos Pan-americanos são uma competição difícil. Mas, independentemente da competição que seja, eu sempre venho com muita vontade. Ela me motiva bastante a querer uma medalha. Estou muito feliz por ter conquistado um sonho. É o maior dia da minha carreira”, celebrou a meio-leve de 20 anos.

Na categoria ligeiro, Larissa Farias terminou na quinta colocação. A mato-grossense de 23 anos venceu a primeira luta contra Jaqueline Solis, da Guatemala, mas perdeu nas quartas de final para a campeã olímpica Paula Pareto, da Argentina. Na repescagem, ganhou da americana Anne Susuki e chegou até a disputa do bronze, onde foi superada pela chilena Mary Dee Vargas, em um combate que durou quase 13 minutos.

As medalhas de ouro recebidas por Renan e Larissa foram entregues pelo campeão olímpico de judô, Rogério Sampaio, ouro em Barcelona 1992, e diretor geral do Comitê Olímpico do Brasil.

Nesta sexta-feira, o Brasil volta aos tatames com a presença da campeã olímpica Rafaela Silva (57kg), além de Daniel Cargnin (66kg) e Jeferson Santos (73kg).

No sábado (10), o Brasil será representado por Alexia Castilhos (63kg), Ellen Santana (70kg), Eduardo Yudy Santos (81kg) e Rafael Macedo (90kg).

No último dia da modalidade no Pan-Americano de Lima, a líder do ranking mundial, Mayra Aguiar (78kg), inicia sua caminhada na competição. Beatriz Souza (+78kg) e David Moura (+100kg), ouro no Pan-Americano de Toronto 2015, fecham a campanha brasileira em Lima.

Leia outras notícias em ImiranteEsporte.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.