Pan de Lima

Novo dueto brasileiro sai satisfeito com o quarto lugar no Pan de Lima

Recém-formada, dupla manteve a posição de Toronto 2015.
Imirante Esporte, com informações do COB31/07/2019 às 20h21
Novo dueto brasileiro sai satisfeito com o quarto lugar no Pan de LimaLuisa e Laura vieram para o Pan logo após a disputa do Mundial de Esporte Aquáticos. ( Foto: Washington Alves/COB)

LIMA - O dueto de nado artístico brasileiro formado por Luisa Borges e Laura Miccuci terminou os Jogos Pan-americanos Lima 2019 na quarta colocação, com 162.221 pontos, somadas as rotinas técnica e livre. A medalha de ouro ficou com o Canadá (180.034), a prata com o México (174.366) e o bronze com os Estados Unidos (170.669).

Luisa e Laura vieram para o Pan logo após a disputa do Mundial de Esporte Aquáticos, em Gwangju (Coreia do Sul). As duas se juntaram pouco antes da competição, devido à suspensão de Maria Clara Lobo. Com algumas semanas de treinamento, as duas mostraram sincronia e repetiram a posição do país em Toronto 2015, com uma apresentação temática de bruxas.

”Cada Jogos Pan-americanos é uma história diferente. Nesse, conseguimos transmitir a nossa energia dentro da piscina, passando isso também para o público e os árbitros”, avaliou Luisa, que disputa o Pan pela segunda vez. “Foi uma superação pra gente. Realmente treinamos pouco tempo, mas conseguimos nadar muito bem. Continuamos com mesmo resultado do último Pan. Temos que buscar os Estados Unidos, que é o terceiro lugar. Isso a gente não vai tirar da cabeça, mas conseguimos fazer uma boa nadada”, destacou a carioca de 23 anos, que entre os treinamentos no Parque Aquático Maria Lenk também faz faculdade de Jornalismo.

A experiência da companheira foi muito importante para a estreante Laura, de 19 anos. “Foi muito bom estar ao lado da Luisa. Ela me ajudou, me apoiou o tempo todo nesse desafio. Esses são os meus primeiro Jogos Pan-americanos e foi muito bom representar o Brasil”, afirmou Laura.

As duas competem ainda nesta noite, a partir das 22hs (de Brasília) na final por equipes.

O Pan de Lima é classificatório para os Jogos Olímpicos de Tóquio 2020 no nado artístico. A campeão por equipes está automaticamente qualificada para a competição do ano que vem, no Japão. Caso o melhor do dueto seja do mesmo país, a vaga irá para o segundo colocado na prova. O Brasil concentrará seus esforços para o Pré-olímpico de abril do ano que vem, que distribuirá o restante das vagas para Tóquio.

Leia outras notícias em ImiranteEsporte.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.