Por Willian

Com dois gols, Chelsea garante vitória e recorde na Inglaterra

Martins Indi empatou depois de assistência do gigante Peter Crouch.
Gazeta Esportiva31/12/2016 às 16h40

O brasileiro Willian, ex-Corinthians e jogador da Seleção Brasileira, não fez uma grande partida neste sábado, em Stamford Bridge, mas foi o responsável por levar 41 mil torcedores à loucura no estádio londrino. O meia marcou dois gols e garantiu os três pontos ao Chelsea em cima do Stoke City em um jogo mais dramático do que se esperava. Assim, o líder do Campeonato Inglês, agora com 49 pontos, se despede de 2016 com o recorde igualado da Premier League de 13 vitórias consecutivas no mesmo ano.

Apesar de todo o favoritismo e do placar de 4 a 2, os Blues sofreram. O goleiro Grant compensava as fraquezas de sua equipe e segura os donos da casa com grandes defesas. Isso até Cahill aproveitar escanteio batido por Fabregas e abrir o placar de cabeça. Mas, logo no primeiro minuto do segundo tempo, Martins Indi empatou depois de assistência do gigante Peter Crouch.

Ai começou o show dos brasileiros do Chelsea. Primeiro, Willian aproveitou linda jogada de Moses e passe de Hazard para colocar seu time em vantagem de novo. O problema é que Peter Crouch também queria o protagonismo para ele. O atacante empatou o jogo novamente e quebrou um longo jejum. Desde maio de 2015 um inglês não marcava um gol pelo Stoke City. O último também havia sido marcado por Crouch, no jogo que marcou a despedida de Gerrard do Liverpool.

Mas quando a fase é boa, não tem jeito. Um minuto depois, o Chelsea saiu para o ataque e Willian acertou um canudo no ângulo de Grant. Golaço e novamente Chelsea na frente. Para matar o jogo e definir o placar, Diego Costa chegou ao 14º gol no Campeonato Inglês, se isolando ainda mais na artilharia.

Agora, o Chelsea volta a campo apenas dia 4 de janeiro, no clássico contra o Tottenham, fora de casa. Já o Stoke, 13º na tabela com 21 pontos, vai receber o Watford um dia antes.

Virada em Manchester

O lendário estádio Old Trafford recebeu 75.314 torcedores neste sábado, pela 19ª rodada do campeonato Inglês. E a grande maioria dessas pessoas terá uma virada de ano um pouco mais alegre. Isso porque o Manchester United, time da casa, conseguiu uma vitória dramática, nos minutos finais e de virada em cima do Middlesbrough.

É verdade que tudo poderia ter sido mais fácil se o árbitro L. Mason não cometesse a lambança de anular um gol de Zlatan Ibrahimovic ainda no primeiro tempo. Aliás, um belo gol, mas que para o juiz se configurou em ‘pé alto’. Além disso, os Diabos Vermelhos acertaram duas bolas na trave. O gol parecia questão de tempo.

E ele veio, mas a favor dos visitantes. Leadbitter recebeu passe de Negredo dentro da área e bate no canto esquerdo para calar o Old Trafford. O jogo ficou tenso e, quando parcia que o Middlesbrough conseguiria os três pontos, o Manchester United reagiu e não só empatou, como virou o placar.

Primeiro, Ibra cobrou escanteio na cabeça de Martial, que não perdoou. Isso aos 40 minutos da etapa final. Aos 43, Juan Mata alçou bola na área e Pogba subiu mais alto que todo mundo para marcar. Festa nas arquibancadas e alívio para o técnico José Mourinho.

Assim, o Manchester United fecha o ano na sexta colocação, com 34 pontos, enquanto seu adversário é apenas o 15º, com 19 pontos. Ambos voltam a campo dia 2 de janeiro. O United visita o West Ham e o Middlesbrough recebe o Leicester.

Leia outras notícias em ImiranteEsporte.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.