Justiça

Messi e seu pai são condenados a 21 meses de prisão

Apesar da pena, tanto Messi quanto seu pai não deverão ir para a prisão.
Gazeta Esportiva06/07/2016 às 12h08

SÃO PAULO - A Justiça espanhola condenou nesta quarta-feira Lionel Messi e seu pai a 21 meses de prisão por fraudes fiscais que teriam ocorrido entre 2007 e 2009. A decisão foi tomada em audiência na cidade de Barcelona após indícios de que ambos teriam deixado de pagar cerca de 1,5 milhão de euros em impostos (cerca de R$ 5,5 milhões).

Apesar da pena, tanto Messi quanto seu pai não deverão ir para a prisão, já que nenhum dos dois possuem antecedentes criminais. Com isso, a pena foi inferior a dois anos. Além disso, eles também não precisarão cumprir a pena dentro das celas.

Messi também foi multado em 2 milhões de euros (ao redor de R$ 7,3 milhões) por conta de três crimes fiscais na Espanha.

A notícia da condenação reforça o momento difícil do atleta, que recentemente foi o grande vilão da derrota da Argentina na final da Copa América, perdendo uma cobrança na decisão por pênaltis contra o Chile. Em função da frustração, Messi chegou a anunciar a aposentadoria da seleção de seu país.

Leia outras notícias em ImiranteEsporte.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.