Jogador

Presidente do Barça descarta Neymar na Copa América

Neymar declarou sua vontade de disputar as duas competições defendendo a Seleção.
Gazeta Esportiva02/04/2016 às 18h36

SÃO PAULO - Neste sábado, o mundo do futebol estiveram com os olhos na Espanha, para o clássico entre Barcelona e Real Madrid. Porém, o presidente do time catalão, Josep Maria Bartomeu, chamou a atenção por fazer declarações sobre um assunto à parte do grande jogo: Neymar na Seleção Brasileira.

Em junho, a Seleção participará da Copa América Centenário, edição comemorativa do torneio, e em agosto disputará os Jogos Olímpicos no Rio de Janeiro. Embora a presença de Neymar fosse certa nos dois eventos, se dependesse de convocação, o presidente rechaçou a possibilidade do atleta atuar em ambas competições.

“Acredito que será impossível persuadir o Barcelona a liberá-lo para disputar as duas competições. Sabemos o significado de Neymar para o Brasil, assim como o que representa a Copa América e os Jogos Olímpicos. Nossa opinião é de que os atletas precisam ter descanso, para poderem se recuperar após uma longa temporada”, afirmou Bartomeu em declarações à imprensa brasileira, já no Camp Nou, palco do clássico.

Ainda que o Brasil entre para vencer qualquer competição que dispute, a Seleção já conquistou oito vezes a Copa América, enquanto a medalha de ouro olímpica continua como sonho para o país. Com o Rio de Janeiro como sede, a equipe tentará vencer em casa, e Josep Maria sabe o quanto isso significa.

“Adoraríamos que o Neymar disputasse os Jogos. Para um atleta como ele, uma medalha olímpica é motivo de orgulho para seu país, ainda mais sendo no Rio de Janeiro. Para o Barcelona, contar com um jogador campeão das Olimpíadas é referência internacional”, continuou o dirigente.

Caso o camisa 11 represente o Brasil nos Jogos, Bartomeu ressaltou que isso atrasará a pré-temporada do atleta, contudo, exaltou a chance de ser campeão defendendo o país.

“Atuar pelo Brasil e ainda nas Olimpíadas é perfeito. Porém, o Barcelona também será prejudicado, pois Neymar não fará a pré-temporada com a equipe, perdendo o início do Campeonato Espanhol. Sei que será um orgulho para o Brasil ter Neymar, e o Rafinha também, nos Jogos Olímpicos. Espero que ambos aproveitem o torneio e vençam, pois o Brasil tem muitas chances de vencer”, finalizou.

Vale lembrar que Neymar declarou sua vontade de disputar as duas competições defendendo a Seleção e uma reunião entre a comissão técnica do Brasil e do Barcelona foi realizada, com um novo encontro acontecendo em breve para definir a situação do craque.

Leia outras notícias em ImiranteEsporte.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.