Futebol

Saída de Jadson abre concorrência na bola parada do Corinthians

Técnico Tite precisará suprir a carência nas bolas paradas com outro jogador do seu elenco.
Gazeta Esportiva30/12/2015 às 09h14

SÃO PAULO - Jadson era o batedor oficial de escanteios, faltas e pênaltis no Corinthians. Com a saída do meia para o Tianjin Quanjian, da China, o técnico Tite precisará suprir a carência nas bolas paradas com outro jogador do seu elenco. Candidatos não faltam.

Alguns dos atletas com maior potencial para assumir as cobranças de escanteio, faltas e pênaltis, no entanto, terminaram a temporada de 2015 na reserva. O contestado lateral direito Edílson, que chuta com mais força e bem menos precisão do que Jadason, gostava de assumir essa responsabilidade quando estava em campo, porém é suplente de Fagner.

Dois volantes também são boas alternativas – Cristian, que fez questão de cobrar pênalti na histórica goleada por 6 a 1 sobre o São Paulo (embora a torcida tivesse gritado o nome do goleiro Cássio), e Bruno Henrique. Ambos poderão ganhar espaço no time se Elias for realmente vendido para o futebol chinês.

Outro que está de olho nessa possível vaga entre os titulares é o meia Rodriguinho, que virou substituto imediato de Elias no final do ano. O jogador também se destaca nas finalizações. Já Renato Augusto, embora tenha sido eleito o melhor atleta do Campeonato Brasileiro, não chega a se sobressair nas bolas paradas.

Entre os que mais treinam os tiros de falta no CT Joaquim Grava, estão dois atacantes, o jovem Malcom e Luciano, que encerrou a sua participação em 2015 precocemente em função de uma grave contusão no joelho. Vagner Love seria uma opção para os pênaltis, caso seja incentivado a aumentar os seus números como goleador dessa maneira.

Leia outras notícias em ImiranteEsporte.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.