Descontrole

Com suspeita de embriaguez, Cáceres bate Ferrari

Zagueiro bateu a Ferrari em ponto de ônibus de Turim e recebeu punição do clube italiano.
Gazeta Esportiva 29/09/2015 às 16h11

SÃO PAULO (SP) - O uruguaio Martin Cáceres, que defende a Juventus, se envolveu em polêmica na noite desta segunda para terça-feira. O zagueiro bateu sua Ferrari em um ponto de ônibus de Turim e acabou recebendo punição do clube italiano. Segundo a imprensa do país, o jogador foi submetido a teste de bafômetro que acusou embriaguez.

O acidente ocorreu na rua Giambone, quando Cáceres, conduzindo o veículo, invadiu a pista contrária e acabou derrubando a marquise do ponto de ônibus, acertando mais dois carros que estavam estacionados próximo ao local. Apesar disso, escapou ileso. A polícia aplicou multa ao atleta no valor de 1 mil euros (R$ 4.505,5), retirou sua carteira de habilitação, além de ter confiscado a Ferrari por 180 dias.

Esta não é a primeira vez que Cáceres se envolve em um acidente de carro. Em 2013, o uruguaio, que já atuava pela Juventus, dirigia de madrugada e colidiu com outro veículo, sofrendo corte no couro cabeludo. Pela reincidência, o clube emitiu comunicado em seu site oficial reprovando o comportamento do jogador e anunciando multa e suspensão.

“Este comportamento de Martin Cáceres, na noite de 28 para 29 de setembro, é uma grande violação dos compromissos assumidos na Juventus, além de causar danos à imagem do clube. Portanto, serão aplicadas medidas disciplinares como multa e exclusão temporária da equipe”, afirmou a diretoria em nota.

Leia outras notícias em ImiranteEsporte.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.