Campeonato Espanhol

Barcelona bate Real Madrid e se distancia na liderança

Mathieu e Suárez marcaram os gols da vitória do Barça por 2 a 1.
Gazeta Esportiva22/03/2015 às 19h04

BARCELONA - El Clásico do Campeonato Espanhol, o Barcelona fez valer o mando de campo no Camp Nou e saiu com a vitória sobre o Real Madrid em um duelo muito emocionante disputado neste domingo. Com gols de Mathieu e Suárez, a equipe da Catalunha derrotou o elenco merengue por 2 a 1 e se distanciou na liderança do torneio nacional. A equipe da capital da Espanha descontou com um tento de Cristiano Ronaldo.

O duelo entre os times foi muito violento. O árbitro Mateu Lahoz distribuiu 11 cartões amarelos durante a partida. Dani Alves, Jordi Alba, Javier Mascherano, Andrés Iniesta e Luís Suárez receberam a punição pelo lado do Barcelona. Já pelo lado do Real, Cristiano Ronaldo, Isco, Luka Modric, Sergio Ramos e Carvajal foram os “agraciados”.

Com o resultado, o Barcelona alcançou os 68 pontos, ocupando a primeira colocação do Campeonato Espanhol. O Real Madrid vem logo atrás, no segundo posto, com quatro unidades atrás, somando 64 após 28 rodadas.

Os times só voltam a atuar pelo Campeonato Espanhol no próximo domingo. O Barcelona vai até a Galícia para encarar o Celta de Vigo, enquanto o Real Madrid recebe o Granada no Santiago Bernabéu, na capital espanhola.

O jogo

O clássico espanhol começou com tudo no Camp Nou. Com apenas 12 minutos de bola rolando, Cristiano Ronaldo deu o primeiro aviso do que viria por aí. Após cruzamento de Benzema em direção à segunda trave, o português pegou em cheio e acertou o travessão do goleiro Claudio Bravo.

O Real Madrid continuou pressionando a equipe da casa. Um minuto após a bola no travessão de Cristiano Ronaldo, Isco chutou para o gol e a esférica foi desviada por um defensor do Barcelona. O remate passou rente à trave esquerda de Bravo.

Mesmo com a equipe de Madri criando as melhores chances do início do jogo, foi o Barcelona que teve mais competência para abrir o marcador, causando o delírio dos torcedores presentes no Camp Nou. Aos 19 minutos do primeiro tempo, Messi cobrou falta do lado esquerdo e Mathieu ganhou no alto de Sergio Ramos para fazer o primeiro gol do elenco da Catalunha.

Atrás no marcador, o Real continuou atacando a equipe mandante. Com 27 minutos da primeira etapa, o autor do gol do Barça quase se tornou vilão. Depois de um cruzamento de Isco, Mathieu quase surpreendeu o goleiro Bravo marcando contra, mas por sorte a bola foi para a linha de fundo.

O Barcelona ficou perto do segundo gol no minuto 30 do primeiro tempo, mas a chance foi desperdiçada por Neymar. Em bola levantada na área, os defensores do Real Madrid bateram cabeça e Suárez bateu mascado. O chute sobrou para o brasileiro que rematou fraquinho, facilitando a defesa de Casillas.

A oportunidade desaproveitada pelo Barcelona teve consequências logo no lance seguinte. A equipe da capital espanhola subiu ao ataque e Benzema viu Cristiano Ronaldo, dando um belo passe. Dentro da área, o português só precisou dar um toquinho na bola para tirar o chileno Bravo do lance e empatar o confronto no Camp Nou.

A virada do Real Madrid quase se concretizou aos 38 minutos da etapa inicial. Cristiano Ronaldo cabeceou após cruzamento e Bale completou para o fundo das redes do elenco de Barcelona, mas o árbitro assinalou impedimento do português no primeiro lance.

Nos minutos finais do primeiro tempo, os visitantes quase alcançaram o segundo gol, mas foram impedidos por Claudio Bravo. Cristiano Ronaldo recebeu na esquerda, conduziu a bola para a perna direita e soltou uma bomba. A bola pegou efeito, mas o goleiro chileno voou para espalmar, salvando o elenco da Catalunha.

O começo do segundo tempo permaneceu com a mesma tônica do fim do primeiro tempo. Novamente Bravo foi o protagonista. Em jogada rápida, Benzema tabelou no ataque, recebeu dentro da área e chutou, mas o goleiro chileno fez mais uma bela defesa.

Mesmo criando mais chances, o Real Madrid foi punido por Luis Suárez aos 11 minutos da etapa final. Dani Alves deu um passe longo e a bola veio por trás da defesa. O uruguaio dominou com classe e chutou cruzado, superando o goleiro Casillas e marcando o segundo gol do Barcelona na partida.

Com 22 minutos de bola rolando no segundo tempo, Neymar fez uma bela jogada que quase culminou em mais um tento do Barça. Após contra-ataque, o brasileiro ganhou na corrida de alguns rivais e bateu de fora da área, assustando Casillas, apesar de poder ter servido o uruguaio Suárez, que estava livre.

A partida mudou de cara na segunda metade do segundo tempo. O Barcelona passou a pressionar o Real Madrid em busca do terceiro gol. Aos 29, Messi arrancou pelo meio e serviu Neymar, que chutou com pé direito, passando perto da baliza defendida por Casillas.

Logo em seguida, Messi quase conseguiu colocar a bola no fundo das redes do Real Madrid. O argentino tabelou com Neymar, tirou de um defensor merengue dentro da grande área e bateu, mas o chute saiu prensado.

Menos ofensivo do que no primeiro tempo, o Real Madrid ainda assustou o Barcelona. Aos 33, Benzema dominou na esquerda, arrumou para o pé direito e chutou com potência. A bola desviou na defesa, indo em direção ao canto da baliza, mas Claudio Bravo fez uma defesa espetacular para salvar a equipe da casa.

Após desperdiçar diversas chances no clássico, Neymar foi substituído pelo técnico Luis Enrique por outro brasileiro aos 39 minutos. O atacante deu lugar no Camp Nou ao meia Rafinha Alcântara.

Nos minutos finais, o Barcelona perdeu vários gols. Messi e Jordi Alba tiveram seus tentos negados por Casillas, enquanto Suárez isolou uma bola de cara para a baliza dos merengues. O Real Madrid pouco fez no restante da etapa e o time da casa terminou o clássico com a vitória pelo placar de 2 a 1.

Leia outras notícias em ImiranteEsporte.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.