De olho no Catar

Com gol de Neymar, Brasil vence Japão e chega à quinta vitória seguida

A partida foi disputada no Estádio Nacional, em Tóquio.

Gazetapress

Neymar comemora gol com Richarlyson
Neymar comemora gol com Richarlyson (Lucas Figueiredo/CBF)

TÓQUIO - A Seleção Brasileira venceu o Japão por 1 a 0 na manhã desta segunda-feira (6), em amistoso, e chegou à quinta vitória seguida. A partida foi disputada no Estádio Nacional, em Tóquio, e fechou o ciclo de partidas do Brasil em junho.

O gol do Brasil foi marcado por Neymar, aos 32 minutos do segundo tempo, em cobrança de pênalti. A equipe de Tite teve o domínio de grande parte do jogo, mas encontrou dificuldades contra a forte marcação japonesa.

A partida marcou o 13º encontro entre Brasil e Japão na história. Agora, são 11 vitórias do Brasil e dois empates. Ambas as seleções participarão da Copa do Mundo do Catar, no final do ano.

Este foi o último amistoso da Seleção Brasileira em junho. O próximo jogo da equipe será contra a Argentina, no dia 22 de setembro, pelo jogo adiado das Eliminatórias Sul-Americanas.

O jogo - A primeira etapa foi de domínio da Seleção Brasileira, que a todo momento esteve mais perto de abrir o placar. Logo aos dois minutos, Neymar achou passe de calcanhar para Paquetá, que acertou a trave.

Aos 10, Fred arrematou de média distância, assustando a defesa japonesa. A Seleção voltou a chegar bem oito minutos depois com Raphinha, que conduziu e finalizou em cima do goleiro Gonda.

Aos 26, Neymar arriscou finalização de fora da área, mas também parou no goleiro japonês. Faltando pouco para o intervalo, Raphinha cobrou falta direta, assustando a equipe mandante.

Apesar das melhores chances e o domínio da posse, o Brasil sofreu com a forte marcação japonesa, especialmente em Neymar.

Segundo tempo

Na segunda etapa, a primeira chegada do Brasil veio aos oito minutos. A Seleção recuperou a bola no campo de ataque e Neymar chegou em boas condições para finalizar, mas arrematou em cima da defesa adversária.

Aos 13, o Japão teve uma boa descida ao ataque pelo lado direito e assustou o sistema defensivo brasileiro. Sete minutos depois, o Brasil teve grande chance com Gabriel Martinelli, que finalizou livre na pequena área, mas pegou torto na bola.

Quando o Brasil estava intensificando sua pressão, a equipe abriu o placar com Neymar, em penalidade. Richarlison foi tocado na área e o árbitro Alireza Faghani viu infração. O craque do Paris-Saint Germain deslocou o goleiro sem grandes problemas.

Nos minutos finais, o Brasil conseguiu administrar o resultado e não correu riscos de sofrer o empate.

FICHA TÉCNICA
JAPÃO 0 X 1 BRASIL

Local: Estádio Nacional, em Tóquio (Japão)
Data: 06 de junho de 2022 (segunda-feira)
Horário: 07h20 (de Brasília)
Árbitro: Alireza Faghani (Irã)
Assistentes: Ashley Beechan e Anton Shchetinin, ambos da Austrállia
VAR: Kurt Ams (Japão)

Cartão amarelo: Endo, Kamada (Japão); Raphinha, Neymar (Brasil)
Gols:
BRASIL: Neymar (32 minutos do segundo tempo)

JAPÃO: Gonda; Nagatomo (Yamane), Itakura, Yoshida, Nakayama; Endo, Haraguchi (Kamada), Tanaka (Shibasaki); Junya Ito (Doan), Minamino (Mitoma) e Furuhashi (Maeda)
Técnico: Hajime Moriyasu

BRASIL: Alisson; Daniel Alves (Thiago Silva), Éder Militão, Marquinhos e Guilherme Arana; Casemiro (Fabinho), Fred (Richarlison), Raphinha (Gabriel Jesus) e Vinícius Jr (Gabriel Martinelli); Neymar e Lucas Paquetá (Bruno Guimarães)
Técnico: Tite

 

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.