Olimpíada de Tóquio

Presidente dos Jogos de Tóquio diz que cancelamento não foi discutido

Toshiro Muto se reuniu hoje com integrantes do Conselho da Olimpíada.

Sakura Murakami / Agência Brasil

- Atualizada em 27/03/2022 às 11h03
Muto acrescentou que nenhum membro do conselho dos Jogos havia cogitado o cancelamento ou o adiamento da Olimpíada.
Muto acrescentou que nenhum membro do conselho dos Jogos havia cogitado o cancelamento ou o adiamento da Olimpíada. (Foto: divulgação)

MUNDO - O presidente da Olimpíada de Tóquio 2020, Toshiro Muto, disse nesta quarta-feira (26) ser natural que as organizações de notícias tenham opiniões diferentes sobre os Jogos Olímpicos, quando questionado sobre um editorial pedindo o cancelamento do evento publicado por um jornal patrocinador.

Muto acrescentou que nenhum membro do conselho dos Jogos havia cogitado o cancelamento ou o adiamento da Olimpíada como uma possibilidade durante uma reunião do conselho da Tóquio 2020 nesta quarta-feira.

O jornal japonês Asahi Shimbun, parceiro oficial da Olimpíada de Tóquio 2020, pediu o cancelamento dos Jogos em um editorial nesta quarta-feira (26), citando riscos à segurança pública e tensões no sistema médico decorrentes da pandemia de covid-19.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.