Basquete Feminino

Brasil vence Paraguai na Copa América de basquete

O selecionado nacional iniciou a partida muito bem, marcando forte e conseguindo bom rendimento nos lances ofensivos, principalmente nos arremessos de longa distância.

Imirante Esporte, com informações da Agência Brasil

- Atualizada em 27/03/2022 às 11h11
O Brasil integra o Grupo B na primeira fase, ao lado da Argentina, Paraguai, Colômbia e dos Estados Unidos.
O Brasil integra o Grupo B na primeira fase, ao lado da Argentina, Paraguai, Colômbia e dos Estados Unidos. ( Foto: Divulgação / FIBA)

PORTO RICO - A Seleção Brasileira Adulta Feminina derrotou o Paraguai, nesta quarta-feira (25), por 101 a 59 (50 a 33 no primeiro tempo), em jogo válido pela quarta rodada da fase inicial da FIBA Women's AmeriCup 2019 (Copa América), disputado no Coliseu Roberto Clemente, na cidade de San Juan, Porto Rico. Com este resultado, a equipe comandada pelo técnico José Neto chegou aos seis pontos, decorrentes de três resultados positivos, se mantendo na ponta do Grupo B e garantindo vaga na semifinal.

O selecionado nacional iniciou a partida muito bem, marcando forte e conseguindo bom rendimento nos lances ofensivos, principalmente nos arremessos de longa distância e nas bolas trabalhadas no garrafão, contudo, na parte final deste primeiro quarto o Brasil se desconcentrou e permitiu que o Paraguai equilibrasse as ações (22 a 20). No segundo, a Seleção Brasileira voltou ao seu ritmo normal, com defesa agressiva e bom rendimento no ataque, mantendo-se sempre focada; com isso, a vantagem voltou a crescer (28 a 13).

No terceiro quarto, o ritmo foi mais baixo e o equilíbrio predominou, com a equipe paraguaia ficando ligeiramente à frente (19 a 20). Já no período final, o Brasil foi soberano, conseguindo excelente aproveitamento ofensivo e marcando agressivamente, para elevar bem a diferença e chegar ao resultado positivo sem sobressaltos (32 a 06).

“Entramos em quadra cientes que este seria um jogo importante e que teríamos que jogar bem, pois valia a confirmação da nossa vaga na semifinal. Fizemos uma boa partida, vivemos momentos bons e ruins ao longo da partida, mas conseguimos equilibrar isso e finalizamos bem o jogo”, comentou a pivô Clarissa dos Santos.

Jogaram pela Seleção Brasileira: 03. Isabela Ramona (14 pontos, 05 rebotes, 02 assistências, 02 bolas recuperadas e 01 bloqueio), 05. Rapha Monteiro (06 pontos, 04 rebotes e 02 assistências), 07. Patty Teixeira (10 pontos, 01 rebote, 01 assistência e 01 bola recuperada), 08. Tainá Paixão (04 pontos, 01 rebote, 01 assistência e 02 bolas recuperadas), 10. Tati Pacheco (15 pontos, 04 rebotes, 01 assistência e 01 bola recuperada), 11. Clarissa dos Santos (09 pontos, 06 rebotes, 03 assistências e 01 bola recuperada), 12. Damiris Dantas (22 pontos, 07 rebotes, 03 assistências e 03 bolas recuperadas), 14. Erika de Souza (05 pontos, 05 rebotes, 03 assistências, 01 bola recuperada e 02 bloqueios), 18. Débora da Costa, 23. Alana Gonçalo (12 pontos, 05 rebotes, 06 assistências e 02 bolas recuperadas) 31. Nádia Colhado e 97. Mariana Moura (04 pontos, 04 rebotes e 02 assistências).

Comissão Técnica: Adriana Aparecida dos Santos Lopez (gerente técnica), Ricardo Brito de Carvalho (administrador), José Alves dos Santos Neto (técnico), Virgil Marc Michel Lopez e João Almeida Camargo Neto (assistentes técnicos), Diego Maroja Falcão (preparador físico), Paulo Roberto de Queiroz Szeles (médico), Isabel Cristina Castro Rosa e Jordana Reis da Silva (fisioterapeutas).

A Seleção Brasileira fecha a sua participação na fase inicial da FIBA Women's AmeriCup 2019 enfrentando os Estados Unidos, nesta quinta-feira (26 de setembro), às 16h (de Brasília), no Coliseu Roberto Clemente, na cidade de San Juan, Porto Rico. O duelo, que terá transmissão ao vivo pelos canais SporTV, vai definir o líder do Grupo B.

“A nossa ideia é fazer um ótimo jogo também para irmos à semifinal bem fortes e concentradas”, completou Clarissa dos Santos.

O Brasil integra o Grupo B na primeira fase, ao lado da Argentina, Paraguai, Colômbia e dos Estados Unidos. Já o Grupo A conta com República Dominicana, Cuba, Canadá, México e Porto Rico. Pelo regulamento, na fase inicial as equipes jogam entre si, dentro de suas respectivas chaves, em turno único, e as duas melhores de cada uma delas avançam à semifinal, que terá estes confrontos: 1º colocado do Grupo A x 2º colocado do Grupo B e 1º colocado do Grupo B x 2º colocado do Grupo A. Os vencedores das semifinais disputam o título.

Os oito primeiros colocados da FIBA Women's AmeriCup 2019 garantem vaga no Torneio Pré-olímpico das Américas, que ocorrerá em novembro.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.