Série B

Sampaio Corrêa sofre "apagão", perde de virada para o Londrina e liga sinal de alerta na Série B

Tricolor completou sete jogos sem vitórias na Segundona e já está mais perto da zona da degola do que do G4.
Gustavo Arruda / Imirante Esporte03/10/2021 às 23h28
Sampaio Corrêa sofre "apagão", perde de virada para o Londrina e liga sinal de alerta na Série BLondrina e Sampaio Corrêa se enfrentaram no Estádio do Café. (Ricardo Chicarelli / Londrina EC)

LONDRINA - A terrível fase do Sampaio Corrêa no segundo turno do Campeonato Brasileiro Série B ganhou mais um capítulo dramático na noite deste domingo (3), em partida válida pela 28ª rodada da competição nacional e realizada no Estádio do Café. Disposto a encerrar o jejum de vitórias na Segundona, o Tricolor até teve um bom início de jogo e abriu o placar duante do Londrina, mas os donos da casa reagiram ainda no primeiro tempo, buscaram a virada, conseguiram a vitória por 3 a 1 e colocaram ainda mais pressão nos ombros da Bolívia Querida, que deixou de ser postulante ao G4 para se concentrar em permanecer na Segunda Divisão em 2022.

Precisando vencer para ganhar fôlego na briga pelas primeiras posições da Série B e enfrentando um adversário desesperado para fugir do rebaixamento, o Sampaio Corrêa começou bem o duelo no Estádio do Café e abriu o placar aos 14 minutos, com um belo gol de Léo Artur, que acertou um chute colocado, sem chances para Dalton. O Tricolor, entretanto, teve que lidar com uma reação rápida do Londrina, que deixou tudo igual aos 17, com Marcelo Freitas. Animado, o time paranaense aproveitou os erros defensivos da Bolívia Querida e encaminhou a vitória na reta final do primeiro tempo: Caprini, aos 41 minutos, e Roberto, aos 42, colocaram o LEC em vantagem. Na etapa final, o Londrina não teve maiores dificuldades para administrar o resultado, confirmar a vitória e aumentar a crise no Sampaio.

Com apenas uma vitória nas últimas 11 rodadas da Série B e acumulando um jejum de sete partidas sem triunfos, o Sampaio Corrêa continua em queda livre na competição nacional. No momento, o Tricolor ocupa o 11º lugar da Segundona, com 37 pontos, e já está mais perto da zona de rebaixamento do que de brigar pelo G4. Já o Londrina, que conquistou a terceira vitória nos últimos quatro duelos, chegou aos 30 pontos e já pode deixar a zona de rebaixamento na próxima rodada, mas, por ora, ocupa a 17ª colocação.

Sampaio Corrêa e Londrina voltam a jogar pela Série B na noite do próximo sábado (9). Enquanto a Bolívia Querida fará um dos duelos mais aguardados da temporada diante do Vasco, a partir das 21h, no Estádio Castelão, com transmissão da rádio Mirante AM e cobertura completa do Imirante Esporte, o Londrina encara o Guarani às 16h30, em duelo marcado para o Estádio Brinco de Ouro.

O jogo

Pressionados pelos resultados recentes, Londrina e Sampaio Corrêa não demoraram a criar suas oportunidades no Estádio do Café. Os donos da casa chegaram com perigo pela primeira vez aos nove minutos, em chute de longa distância de Marcelo Freitas, que parou em defesa firme de Luiz Daniel. O Tricolor, por outro lado, foi mais eficiente: Alyson, aos 14 minutos, puxou o contragolpe e passou a bola para Léo Artur, que aproveitou falha de Marcondes na tentativa de corte e acertou um belo chute, sem chances para Dalton.

O Sampaio Corrêa teve pouco tempo para comemorar e defender a vantagem, já que o Londrina buscou o empate aos 17. Após jogada de Caprini pela esquerda, Zeca recebeu a bola na grande área e só ajeitou para Marcelo Freitas, que invadiu a área, chutou forte e deixou tudo igual. O Sampaio também tentou pagar na mesma moeda, porém, a cobrança de falta de Ciel aos 20 minutos saiu pela linha de fundo.

Como o Sampaio Corrêa não conseguia ser criativo no campo de ataque, o Londrina avançou suas linhas e castigou a equipe maranhense. Aos 41 minutos, Zeca fez um cruzamento perfeito para Caprini, que estava sozinho na grande área, cabeceou firme e decretou a virada do LEC em casa. Animado, o time paranaense marcou o terceiro gol no minuto seguinte: após receber passe em velocidade, Roberto ficou cara a cara com Paulo Sérgio, fez o corte e bateu firme, confirmando a grande vantagem do Londrina.

Em ritmo mais lento, Londrina confirma vitória

Diante de um Sampaio Corrêa tímido em seus avanços, restou ao Londrina a missão de administrar a vantagem e confirmar a vitória sem sustos no Estádio do Café, mas isso não impediu a equipe paranaense de ter chances de gol. Aos 14 minutos, Caprini deu um passe para Marcelo Freitas, que bateu firme e parou em boa defesa de Luiz Daniel.

Sem conseguir avançar no toque de bola e nas jogadas em velocidade, o Sampaio Corrêa teve uma oportunidade de marcar aos 19 minutos: após cobrança de falta de Nadson, a zaga do Londrina não afastou o perigo e a bola sobrou limpa para Ferreira, que ajeitou, chutou e parou em defesa de dois tempos de Dalton.

Os últimos instantes de partida foram marcados pela tranquilidade do Londrina diante de um desorientado Sampaio Corrêa. Aos 34, Danilo recebeu de Salatiel e bateu firme, para defesa de Luiz Daniel. Já João Paulo, cara a cara com o goleiro, mandou a bola por cima do gol, mas nada que impedisse a festa do Londrina.

FICHA TÉCNICA

LONDRINA: Dalton; Matheus Bianqui (Elacio Cordoba), Marcondes, Saimon e Eltinho; Jean Henrique, João Paulo e Marcelo Freitas (Danilo); Roberto (Victor Daniel), Caprini (Gabriel Ramos) e Zeca (Salatiel). Treinador: Márcio Fernandes

SAMPAIO CORRÊA: Luiz Daniel; Watson, Joécio (Kanu), Paulo Sérgio (Éder Lima) e Alyson; Betinho, Ferreira, Romarinho (Nadson) e Léo Artur; Jean Silva (Jarro Pedroso) e Ciel (Jackson). Treinador: Felipe Surian

Leia outras notícias em ImiranteEsporte.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.