Copa do Nordeste

Sampaio Corrêa empata com o Vitória no Castelão e continua em jejum na Copa do Nordeste

Bolívia Querida reclama de irregularidade no gol rubro-negro e de um pênalti anulado.
Gustavo Arruda / Imirante Esporte20/03/2021 às 22h51
Sampaio Corrêa empata com o Vitória no Castelão e continua em jejum na Copa do NordesteSampaio Corrêa e Vitória se enfrentaram pela quarta rodada da fase de grupos da Copa do Nordeste. (Ronald Felipe / Sampaio Corrêa FC)

SÃO LUÍS - Depois de derrotar o Imperatriz pelo Campeonato Maranhense e encerrar um jejum de cinco jogos sem vitórias na temporada, o Sampaio Corrêa voltou a campo na noite deste sábado (20), disposto a encerrar outra série negativa: em partida válida pela quarta rodada da fase de grupos da Copa do Nordeste e disputada no Estádio Castelão, o Tricolor recebeu o Vitória em busca de seu primeiro triunfo na competição regional. Focado em sua missão, o Sampaio apresentou evolução em relação aos últimos confrontos, criou várias oportunidades de gol, mas teve que se contentar com o empate por 1 a 1 diante do Rubro-Negro baiano, em duelo marcado por arbitragem polêmica de Rodrigo José Pereira de Lima (PE), com os tricolores reclamando de irregularidade no gol dos visitantes e de um pênalti anulado no segundo tempo.

Com o objetivo de aproveitar o mando de campo e conquistar a primeira vitória na Copa do Nordeste, o Sampaio Corrêa avançou suas linhas, sufocou a saída de bola do Vitória e teve seu esforço premiado logo aos 16 minutos: após cruzamento de Marlon para a grande área, a bola sobrou para Dione, que foi travado pela defesa rubro-negra na primeira tentativa, mas pegou a sobra e abriu o placar para a Bolívia Querida. O Vitória, porém, reagiu rápido e empatou aos 24, com Samuel, que recebeu passe em profundidade de Vico e bateu na saída de Mota. Na etapa final, o Sampaio poderia reassumir a vantagem já no primeiro minuto, após Guilherme Teixeira ser derrubado por João Pedro na grande área, mas o árbitro Rodrigo José Pereira de Lima cancelou a marcação do pênalti após consultar o assistente, para protesto dos atletas e comissão técnica do Tubarão. Mesmo revoltado, o Sampaio ainda encontrou forças para pressionar o Vitória, entretanto, não conseguiu arrancar o triunfo em casa.

O empate no Castelão mantém o Sampaio Corrêa na sétima colocação do Grupo A da Copa do Nordeste, com três pontos, dois a menos que o 4 de Julho, equipe que fecha o G4 da chave neste momento. Já o Vitória, que tem sete pontos em quatro rodadas, permanece na zona de classificação para as quartas de final do Nordestão, ocupando o terceiro lugar do Grupo B.

Sampaio Corrêa e Vitória terão pouco tempo de descanso até os seus próximos compromissos pela Copa do Nordeste. Enquanto a Bolívia Querida enfrenta o Altos na tarde desta terça-feira (23), às 15h45, no Estádio Lindolfo Monteiro, em jogo com transmissão da rádio Mirante AM e cobertura completa do Imirante Esporte, o Rubro-Negro recebe o CRB na noite desta quarta-feira (24), às 19h30, no Estádio Barradão.

O jogo

Atuando com as linhas avançadas, o Sampaio Corrêa deixou claro qual era a sua proposta de jogo no Castelão: sufocar a saída de bola do Vitória e ser agressivo no campo de ataque. Logo aos 14 minutos, o Tricolor teve uma boa chance: após cruzamento de Jajá, João Victor tentou fazer o corte antes da finalização de Jefinho, mas o desvio não foi dos melhores e a bola bateu na trave.

Animado, o Sampaio Corrêa manteve o ritmo e abriu o placar aos 16 minutos. Após cruzamento de Marlon, a bola sobrou na grande área para Dione, que precisou chutar duas vezes para superar Lucas Arcanjo e balançar as redes no Castelão. A resposta do Vitória foi eficiente e polêmica: aos 24 minutos, Samuel recebeu passe de Vico, bateu na saída de Mota e deixou tudo igual, para reclamação dos jogadores do Sampaio, que alegaram um impedimento do atacante rubro-negro no lance.

Depois dos gols, o jogo teve uma queda de ritmo, e o Sampaio Corrêa só assustou novamente o Vitória aos 29 minutos, em uma finalização de Guilherme Teixeira pela linha de fundo. Já aos 45, o Tricolor teve ótima chance com Marlon, que tentou o chute cruzado e foi travado pela defesa do Leão.

Arbitragem cancela pênalti, e Sampaio não consegue o segundo gol

Antes mesmo que o cenário do segundo tempo se desenhasse no Castelão, o Sampaio Corrêa teve um lance animador logo no primeiro minuto, com Guilherme Teixeira sendo derrubado por João Pedro na grande área e a arbitragem marcando o pênalti. Rodrigo José Pereira de Lima, entretanto, mudou de ideia e anulou o lance após conversa com o assistente, revoltando mais uma vez os jogadores do Tubarão. Aliviado, o Vitória quase decretou a virada aos quatro minutos, mas Mota fez grande defesa em chute de Samuel.

Mesmo com as polêmicas da arbitragem, o Sampaio Corrêa não se abateu e foi ao ataque diante de um satisfeito Vitória. Aos 20 minutos, Jefinho recebeu passe de Joanderson e teve uma grande oportunidade, mas finalizou mal, para fora. Pouco depois, aos 28, Jefinho recebeu cruzamento de Sávio e desperdiçou mais uma chance, acertando a trave de Lucas Arcanjo.

A reta final de jogo foi de um time só: enquanto o Sampaio Corrêa se lançava desesperadamente ao ataque, o Vitória se fechava bem para garantir o ponto fora de casa. Já aos 50 minutos, o Tubarão teve a última chance de marcar o gol da vitória, mas a defesa rubro-negra afastou o levantamento de Sávio e confirmou o empate no Castelão.

FICHA TÉCNICA

SAMPAIO CORRÊA: Mota; Roni (Sávio), Allan Godói, Paulo Sérgio e Marlon; André Luiz, Guilherme Teixeira, Dione (Gabriel Popó) e Matheus Cassini (Joanderson); Jajá (Gabriel Honório) e Jefinho. Treinador: Rafael Guanaes

VITÓRIA: Lucas Arcanjo; Van (Guilherme Rend), João Victor, Wallace Reis e Pedrinho (Eron); Gabriel Bispo, João Pedro e Vico (Cedric); David, Ygor Catatau (Hitalo) e Samuel (Roberto). Treinador: Rodrigo Chagas

Leia outras notícias em ImiranteEsporte.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.