Campeonato Maranhense

Sampaio Corrêa vence, assume liderança do Maranhense e afunda Imperatriz na lanterna

Tricolor encerrou jejum de cinco partidas sem vencer, enquanto o Cavalo de Aço se complicou na luta contra o rebaixamento.
Gustavo Arruda / Imirante Esporte17/03/2021 às 20h58
Sampaio Corrêa vence, assume liderança do Maranhense e afunda Imperatriz na lanternaO Sampaio Corrêa derrotou o Imperatriz no Castelão. (Ronald Felipe / Sampaio Corrêa FC)

SÃO LUÍS - Pressionado por uma série de cinco jogos sem vitórias na temporada, o Sampaio Corrêa voltou a campo na noite desta quarta-feira (17) para enfrentar o Imperatriz, no Estádio Castelão, em duelo válido pela quarta rodada do Campeonato Maranhense. Disposto a afastar a desconfiança do torcedor tricolor, que continua fora das partidas por causa da pandemia do novo coronavírus (Covid-19), o Tubarão melhorou o desempenho, dominou o Cavalo de Aço, venceu por 2 a 0 e assumiu a liderança provisória do Estadual.

Depois de um primeiro tempo de domínio, mas sem eficiência na finalização, o Sampaio Corrêa abriu o placar logo no começo do segundo tempo, com Jajá, que passou por cinco defensores do Imperatriz, acertou um belo chute e marcou um golaço no Castelão. Mesmo em vantagem, o Sampaio manteve a pressão e confirmou a vitória aos 25 minutos: após Gabriel Popó ser derrubado por Emerson na grande área, o estreante Joanderson cobrou pênalti com perfeição e anotou o segundo gol da Bolívia Querida.

Com a vitória no Castelão, o Sampaio Corrêa chegou aos 10 pontos em quatro duelos e assumiu a liderança do Campeonato Maranhense, ultrapassando o rival Moto Club, que tem um ponto e um jogo a menos que o Tricolor na competição. Já o Imperatriz, sem vencer há 23 partidas oficiais, permanece na lanterna do Estadual, com apenas um ponto em cinco jogos.

Embalado no Campeonato Maranhense, o Sampaio Corrêa volta agora as suas atenções para a Copa do Nordeste: na noite deste sábado (20), às 20h30, o Tricolor recebe o Vitória no Estádio Castelão, em partida válida pela quarta rodada da fase de grupos da competição regional. O duelo terá transmissão da rádio Mirante AM e cobertura completa do Imirante Esporte. O Imperatriz, por sua vez, enfrenta o Juventude Samas na noite da próxima segunda-feira (22), às 18h30, no Estádio Frei Epifânio, em duelo da sexta rodada do Estadual.

O jogo

Jogando em casa, o Sampaio Corrêa tomou a iniciativa diante do Imperatriz no Castelão e precisou de apenas seis minutos para balançar as redes com o volante Ferreira, mas a arbitragem marcou falta de Eloir na jogada e anulou o gol tricolor. O Tubarão voltou a assustar o Cavalo de Aço aos 17: após cruzamento de Roni, Pablo não conseguiu afastar o perigo, e Eloir quase abriu o placar para a Bolívia Querida.

Sem conseguir ser efetivo no ataque, o Sampaio Corrêa quase foi surpreendido pelo Imperatriz aos 35 minutos, com Rhuan cobrando falta e obrigando Mota a fazer a defesa. Aos 46, o Tubarão desperdiçou uma boa oportunidade com Gabriel Vasconcelos, que recebeu cruzamento na grande área e finalizou mal, para fora.

Na volta do intervalo, o Sampaio Corrêa precisou de poucos segundos para mudar a postura e abrir o placar diante do Imperatriz com uma pintura de Jajá, que recebeu a bola no meio-campo, passou por toda a defesa colorada e acertou um belo chute no canto direito de Pablo. Mesmo em vantagem, o Sampaio manteve a agressividade e quase fez o segundo gol aos oito minutos: após cobrança de falta de Marlon, Lucão cabeceou firme e parou em grande defesa de Pablo.

Como o Imperatriz não criava chances, o Sampaio Corrêa manteve-se confortável no campo de ataque e acumulou oportunidades. Aos 16 minutos, Gabriel Popó passou pela marcação, chutou e quase fez o segundo gol tricolor. Pouco depois, aos 25, Gabriel Popó voltou a aparecer no campo de ataque, sendo derrubado por Emerson na grande área: na cobrança do pênalti, Joanderson finalizou bem e ampliou a vantagem do Tubarão. O Imperatriz ainda teve a chance de descontar o prejuízo aos 43, mas Mota, atento, parou a finalização de Walker.

FICHA TÉCNICA

SAMPAIO CORRÊA: Mota; Roni, Joécio (Paulo Sérgio), Lucão e Marlon (Michel); André Luiz, Ferreira e Eloir (Matheus Cassini); Jajá (Gabriel Popó), Joanderson e Gabriel Vasconcelos (Gabriel Honório). Treinador: Rafael Guanaes

IMPERATRIZ: Pablo; João Victor (Walker), Marcos Arthur, Paulo Vitor e Vinícius; Péricles, Rodolfo (Patrick), Emerson e Rhuan; Caça Rato (Eltinho) e Dudu (Wemerson). Treinador: Carlos Rocha

Leia outras notícias em ImiranteEsporte.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.