Série D

Moto Club perde de virada para o Altos na Série D e agrava crise

Papão abriu placar no primeiro minuto, mas não teve forças para segurar o resultado fora de casa.
Gustavo Arruda / Imirante Esporte30/09/2020 às 21h18
Moto Club perde de virada para o Altos na Série D e agrava criseAltos e Moto Club se enfrentaram no Estádio Felipão. (Jade Araujo / GloboEsporte Piauí)

ALTOS - Depois de perder a final do Campeonato Maranhense para o rival Sampaio Corrêa, o Moto Club amargou, na tarde desta quarta-feira (30), a primeira derrota no Campeonato Brasileiro Série D. Em partida válida pela segunda rodada da fase de grupos da Quarta Divisão e disputada no Estádio Felipão, o Papão do Norte até teve um início promissor diante do Altos, mas não teve forças para segurar o resultado, foi derrotado de virada por 3 a 1 e continua sem vencer na competição nacional.

Mesmo pressionado pelos tropeços recentes, o Moto Club precisou de poucos segundos para abrir o placar diante do Altos: logo no primeiro minuto de jogo, o zagueiro Ramon aproveitou cobrança de escanteio de Allan Patrick, cabeceou firme e balançou as redes pelo Papão do Norte. O Altos, entretanto, reagiu rápido e deixou tudo igual aos sete minutos, com Tiaguinho, aproveitando erro do goleiro Saulo. Abatido, o Moto diminuiu o ritmo na etapa final, e o Altos conseguiu a virada com gols de Betinho, em cobrança de pênalti aos seis minutos, e Tiaguinho, artilheiro da tarde, que aproveitou cruzamento na grande área e fechou o placar aos 34.

Com apenas um ponto em duas partidas, o Moto Club encerra a rodada na sétima posição do Grupo 2 da Série D, enquanto o Altos, que venceu a segunda partida consecutiva, chegou aos seis pontos e está na segunda colocação da chave. Vale lembrar que o Moto tem um jogo a menos na competição nacional: o duelo contra o Sinop (MT), válido pela segunda rodada, foi adiado por causa da final do Campeonato Maranhense.

Sem muito tempo para lamentações, o Moto Club volta a jogar pela Série D na noite deste sábado (3), às 19h, diante do River, no Estádio Castelão. A partida terá transmissão da rádio Mirante AM e cobertura completa do Imirante Esporte. Também neste sábado, mas às 15h30, o Altos enfrentará o Juventude Samas no Estádio Pinheirão, em São Mateus do Maranhão.

O jogo

Para surpresa do Altos, o Moto Club precisou de apenas um minuto para abrir o placar no Felipão. Após Allan Patrick cobrar escanteio na medida, Ramon subiu sozinho e cabeceou firme, sem chances para Marcelo Barbosa. O gol do Papão, porém, não abateu o Altos, que reagiu rápido: aos sete minutos, Juninho Arcanjo fez o lançamento para a grande área, Saulo se atrapalhou na tentativa de fazer a defesa, e a bola sobrou para Tiaguinho, que deixou tudo igual para os donos da casa.

Depois do início intenso, Altos e Moto Club diminuíram o ritmo no restante do primeiro tempo. Além da marcação intensa, as duas equipes sofreram com o forte calor no Felipão. Sem forças para jogadas mais velozes, o Papão e o Jacaré insistiram nos cruzamentos para a grande área e cobranças de bola parada, sem muito efeito.

Na etapa final, o Moto Club teve uma nova oportunidade de marcar um gol relâmpago: logo no primeiro minuto, Gleissinho finalizou bem, e Marcelo Barbosa fez grande defesa. A resposta do Altos foi veloz e precisa: após Manoel ser derrubado por Ramon na grande área, Betinho cobrou pênalti com categoria e virou o jogo para o Jacaré aos cinco minutos.

Após sofrer o segundo gol, o Moto Club avançou suas linhas, valorizou a posse de bola e equilibrou as ações diante do Altos, mas sofreu para criar oportunidades no campo de ataque. O Jacaré, por sua vez, acumulava chances perdidas: aos 25 e 33 minutos, Manoel parou em grandes defesas de Saulo. Aos 35, entretanto, o Altos fechou o placar com o lateral-artilheiro Tiaguinho, que foi lançado no ataque e acertou um belo chute, decretando a vitória dos donos da casa e aumentando a crise do Moto.

FICHA TÉCNICA

ALTOS: Marcelo Barbosa; Júlio Ferrari (Gean), Rafael Araújo, Leandro Amorim e Tiaguinho (Morassi); Ray (Dos Santos), Netinho e Juninho Arcanjo (Alex Mineiro); Klenisson (Xilú), Manoel e Betinho. Treinador: Fernando Tonet

MOTO CLUB: Saulo; Guilherme, Ramon, Julio Pitt e Jeff Silva; Jonathan Cabeça, Naílson e Allan Patrick (Negueba); Gleissinho (Henrique), Ricardo Maranhão (Andrezinho) e Gleidson (Mamede). Treinador: Dejair Ferreira

Leia outras notícias em ImiranteEsporte.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.