Campeonato Maranhense

Sampaio Corrêa e Moto Club empatam no primeiro jogo da final do Maranhense

A Bolívia Querida e o Papão do Norte decidirão o título estadual na noite deste sábado (26).
Gustavo Arruda / Imirante Esporte23/09/2020 às 23h18
Sampaio Corrêa e Moto Club empatam no primeiro jogo da final do MaranhenseSampaio Corrêa e Moto Club fizeram um jogo equilibrado no Castelão. (Lucas Almeida / L17 Comunicação / Sampaio Corrêa FC)

SÃO LUÍS - Protagonistas da maior rivalidade do futebol maranhense, Sampaio Corrêa e Moto Club disputaram o primeiro jogo da final do Estadual na noite desta quarta-feira (23), no Estádio Castelão, cercados de muita expectativa, já que a Bolívia Querida estava embalada pela goleada sobre o Avaí na Série B e o Papão do Norte defendia o posto de melhor campanha do Campeonato Maranhense. O início da decisão, entretanto, não teve maiores emoções: com as defesas anulando os ataques, Sampaio e Moto empataram por 0 a 0 e deixaram todas as definições para a segunda partida da final.

Leia também: Reveja todos os lances da final entre Sampaio Corrêa e Moto Club

O primeiro tempo no Castelão contou com uma melhor atuação do Sampaio Corrêa, que valorizou a posse de bola, procurou espaços e criou as melhores oportunidades, enquanto o Moto Club, bem posicionado na defesa, encontrava dificuldades para avançar. Na etapa final, o Moto melhorou de produção e até esboçou uma pressão no ataque, depois da expulsão do zagueiro Daniel Felipe, do Sampaio, mas a iniciativa do Papão foi freada com o cartão vermelho do zagueiro Ramon, deixando cada equipe com um jogador a menos. Nos últimos minutos, cada time teve uma grande oportunidade de balançar as redes no Castelão, só que a pontaria dos atacantes não estava em dia e o zero não saiu do placar.

Moto Club e Sampaio Corrêa disputam o segundo e decisivo confronto da final do Campeonato Maranhense na noite deste sábado (26), às 19h, no Estádio Castelão, com transmissão da rádio Mirante AM e cobertura completa do Imirante Esporte. Com o empate por 0 a 0 na partida de ida, o vencedor do jogo de volta será o campeão maranhense, enquanto um novo empate leva a decisão do título para os pênaltis. Vale lembrar que o vencedor do Estadual garante classificação direta na fase de grupos da Copa do Nordeste 2021, enquanto o vice-campeão terá de disputar uma fase preliminar ainda nesta temporada.

O jogo

Assim que a bola começou a rolar no Castelão, o Sampaio Corrêa adiantou suas linhas e fez uma forte marcação, deixando o Moto Club com dificuldades na troca de passes. Tendo maior posse de bola, o Tricolor começou a criar suas chances: aos 10 minutos, Vinícius Kiss recebeu passe de Marcinho e arriscou o chute da intermediária, para fora. Pouco depois, aos 17, Marcinho arriscou o chute, a bola desviou na zaga do Moto, e levou perigo ao gol de João Paulo.

Depois da pressão inicial do Sampaio Corrêa, o Moto Club se fechou bem e tentou avançar, mas não encontrava espaços para tabelar no meio-campo. Com a marcação encaixada, o Sampaio desperdiçou mais uma oportunidade aos 29, com Robson, que recebeu cruzamento de João Victor, aproveitou falha da zaga do Moto e chutou por cima do gol.

Na reta final do primeiro tempo, a produção ofensiva do Sampaio Corrêa teve uma queda, e o Moto Club tentou aproveitar o momento para abrir o placar. Aos 37 minutos, Ancelmo tabelou com Henrique e deu um passe em profundidade para Jeorge Hamilton, mas a arbitragem marcou impedimento antes da finalização do atacante rubro-negro.

Uma expulsão para cada lado, mas nada de gols

Depois de um primeiro tempo de pouca inspiração, o Moto Club voltou com tudo do intervalo. Logo aos quatro minutos, Henrique deu um belo passe para Gleisinho, que tentou o chute cruzado e foi bloqueado pelo goleiro Gustavo. Aos sete, o Papão ficou em vantagem no número de jogadores: após falta em Jeorge Hamilton, o zagueiro Daniel Felipe foi expulso pelo Sampaio Corrêa.

Tentando aproveitar o jogador a mais, o Moto Club se lançou ao ataque, mais na base da vontade do que da criatividade. Aos 18 minutos, o volante Naílson encontrou um espaço na defesa do Sampaio Corrêa e arriscou o chute, que foi para fora. Já aos 20, uma baixa no Papão: o zagueiro Ramon foi expulso, após falta em Gustavo Ramos.

Mesmo com mais espaço em campo por causa das expulsões, Sampaio Corrêa e Moto Club encontraram dificuldades para impor domínio no Castelão. O Tricolor, entretanto, continuava criando as melhores chances: Luís Gustavo, aos 36, arriscou o chute, e João Paulo, atento, espalmou pela linha de fundo. O Moto teve uma grande oportunidade de abrir o placar aos 48, com Negueba, que foi lançado por Andrezinho e travado por Paulo Sérgio na hora da finalização. Já aos 49, o Sampaio perdeu sua última tentativa, após Jackson receber passe de Diego Tavares e finalizar para fora.

FICHA TÉCNICA

SAMPAIO CORRÊA: Gustavo; Luis Gustavo, Daniel Felipe, Flávio Boaventura e João Victor; André Luiz (Eloir), Vinícius Kiss e Marcinho (Roney); Gustavo Ramos (Diego Tavares), Robson (Paulo Sérgio) e Caio Dantas (Jackson). Treinador: Léo Condé

MOTO CLUB: João Paulo; Gleissinho, Wallace, Ramon e Jeff Silva; Jhonatan Cabeça (Andrezinho), Naílson (Amaral) e Ancelmo (Allan Patrick); Henrique (Negueba), Silvio Tapajós (Julio Pitt) e Jeorge Hamilton. Treinador: Dejair Ferreira

Leia outras notícias em ImiranteEsporte.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.