Copa do Nordeste

Imperatriz perde para o Botafogo (PB) e continua fora do G4 do Nordestão

Cavalo de Aço ainda está na briga por vaga nas quartas de final da competição regional.
Gustavo Arruda / Imirante Esporte08/03/2020 às 01h00
Imperatriz perde para o Botafogo (PB) e continua fora do G4 do NordestãoImperatriz e Botafogo se enfrentaram no Estádio Almeidão. (Divulgação / Botafogo PB)

JOÃO PESSOA - Voltando a jogar pela Copa do Nordeste após duas vitórias consecutivas no Campeonato Maranhense, o Imperatriz enfrentou o Botafogo (PB) na noite deste sábado (7), no Estádio Almeidão, pela sexta rodada da fase de grupos da competição regional. Precisando de pontos para ganhar fôlego na luta por uma vaga nas quartas de final do Nordestão, o Cavalo de Aço teve um início de partida desastroso, tentou a reação, mas o Botafogo conseguiu a vitória em casa por 2 a 1.

Empurrado pela torcida, o Botafogo precisou de apenas dois minutos para abrir o placar, com o lateral Mário, que aproveitou jogada ensaiada em cobrança de escanteio. O Imperatriz teve a chance do empate no minuto seguinte, mas Cesinha desperdiçou um pênalti, que foi defendido pelo experiente goleiro Felipe. Em seguida, aos oito minutos, Rodrigo Andrade ampliou a vantagem do Belo em cobrança de pênalti. Depois do início abaixo das expectativas, o Imperatriz só conseguiu diminuir o prejuízo com um gol de Renan Dutra, aos 31 minutos do primeiro tempo, e não teve forças para buscar o empate na etapa final.

Invicto na Copa do Nordeste, o Botafogo chegou aos 12 pontos em seis rodadas, assumiu a liderança do Grupo A e encaminhou classificação para as quartas de final da competição regional. O Imperatriz, por sua vez, ocupa a quinta colocação do Grupo B, com sete pontos em seis partidas, mas ainda está na briga para avançar de fase.

Depois de duelarem pelo Nordestão, Botafogo e Imperatriz voltam a campo por seus respectivos Estaduais nesta quarta-feira (11): enquanto o Belo encara o Nacional de Patos às 20h15, no Estádio Almeidão, o Cavalo de Aço recebe o Moto Club às 20h, no Estádio Frei Epifânio.

O jogo

O Botafogo precisou de pouco tempo para apresentar suas credenciais ao Imperatriz. Logo aos dois minutos, Cássio Gabriel cobrou escanteio, Marcelo Xavier fez o desvio, e Mário balançou as redes pelo Alvinegro. O Cavalo de Aço teve a chance de uma resposta imediata no minuto seguinte, após Mário derrubar Cesinha na grande área e a arbitragem marcar pênalti, mas Felipe defendeu a cobrança de Cesinha e salvou o Belo de sofrer o empate.

Pouco depois de escapar de um gol de pênalti, o Botafogo mostrou ao Imperatriz como se faz. Aos sete minutos, Adriano derrubou Cássio Gabriel na grande área, e Rodrigo Andrade cobrou a penalidade com categoria, ampliando a vantagem dos donos da casa. Animado, o Botafogo ainda teve a chance do terceiro gol aos 20: após cruzamento de Neilson, Lohan fez o desvio de cabeça, e Waldson, bem posicionado, fez a defesa.

Com pouco espaço para atacar, o Imperatriz conseguiu balançar as redes em uma jogada de bola parada. Madson, aos 31 minutos, cobrou escanteio na grande área, e Renan Dutra, de cabeça, balançou as redes pela equipe maranhense. Depois disso, o jogo teve uma queda no ritmo, mas o Botafogo ainda teve uma finalização perigosa aos 36 minutos: em cobrança de falta, o zagueiro Fred tirou tinta do travessão colorado.

Imperatriz luta, mas não consegue o empate

Assim como na etapa inicial, o segundo tempo começou com emoção. Logo no primeiro minuto, Rodrigo Andrade invadiu a área, chutou cruzado e acertou a trave pelo Botafogo. Como o Imperatriz encontrava dificuldades para avançar, o Belo manteve a pressão e desperdiçou mais uma oportunidade aos 18, em uma jogada parecida com o primeiro gol: após cobrança de escanteio e desvio de Fred, Mário tentou o desvio e não alcançou.

Sem diminuir o ritmo, o Botafogo acumulava chances perdidas. Pimentinha, aos 19 minutos, foi lançado por Rodrigo Andrade e tentou o gol de cobertura, mas Waldson salvou o Imperatriz. Aos 23, nova assistência de Rodrigo Andrade para Pimentinha, e Waldson saiu do gol para fazer o corte e salvar o Cavalo de Aço mais uma vez.

Na reta final da partida, o Imperatriz avançou suas linhas em busca do empate, e o Botafogo teve que recuar. O Cavalo de Aço teve uma boa chance aos 41 minutos: após cobrança de escanteio de Luan, Breno subiu mais que a zaga alvinegra e fez o desvio, para fora. Depois disso, o Botafogo trocou passes e administrou a vitória até o apito final.

FICHA TÉCNICA

BOTAFOGO (PB): Felipe; Neilson, Fred, Marcelo Xavier e Mário; Wellington Cézar, Everton Heleno, Cássio Gabriel (Marcos Vinícius) e Rodrigo Andrade; Dico (Pimentinha) e Lohan (Lucas Simón). Treinador: Evaristo Piza

IMPERATRIZ: Waldson; Madson (Breno), Alyson, Renan Dutra e Lorran; Adriano, Nonato (Luan), Dos Santos e Erison; Lucas Campos e Cesinha (Matheus João). Treinador: Paulinho Kobayashi

Leia outras notícias em ImiranteEsporte.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.