Talento maranhense

Maranhense marca primeiro gol pelo Atlético Mineiro e se emociona ao lembrar infância difícil

Nascido em Cajari, Marquinhos teve atuação decisiva na vitória do Galo sobre o Goiás.
Gustavo Arruda / Imirante Esporte08/11/2019 às 20h46
Maranhense marca primeiro gol pelo Atlético Mineiro e se emociona ao lembrar infância difícilO maranhense Marquinhos não escondeu as lágrimas após marcar seu primeiro gol pelo Atlético Mineiro. (Bruno Cantini / Atlético Mineiro)

BELO HORIZONTE - A partida entre Atlético Mineiro e Goiás, válida pela 31ª rodada do Campeonato Brasileiro e disputada na quarta-feira (6), no Mineirão, teve um momento histórico e emocionante para o meia maranhense Marquinhos, de 20 anos. Nascido no município de Cajari, a 200km de São Luís, Marquinhos fez o seu primeiro gol como profissional com a camisa atleticana e foi peça fundamental na vitória por 2 a 0, resultado que afastou o Galo da zona de rebaixamento da competição nacional.

Sem passagens por clubes maranhenses nas categorias de base, Marquinhos defendeu Ituano e Osasco Audax antes de se profissionalizar no Atlético Mineiro. Depois de uma rápida passagem pela Chapecoense, o meia maranhense voltou ao Galo em 2019, ganhou uma oportunidade com o técnico Vágner Mancini e justificou a aposta do comandante: no jogo contra o Goiás, Marquinhos entrou no intervalo, marcou um belo gol da entrada da área aos oito minutos do segundo tempo e não escondeu as lágrimas após fazer a festa da torcida atleticana no Mineirão.

Em entrevista ao canal SporTV, logo depois da vitória do Atlético Mineiro, Marquinhos destacou a importância do resultado no Mineirão, comemorou o primeiro gol pela equipe e se emocionou novamente enquanto falava do pai e da infância difícil no Maranhão. Antes de se tornar jogador de futebol, o meia trabalhou como servente de pedreiro e flanelinha.

“Quando eu fiz o gol, passou um filme na minha cabeça. Um garoto que ajudava o pai como pedreiro, a vigiar carro… Hoje, fazer um gol no Mineirão com a camisa do Atlético, é uma coisa que não tem como falar. Pai, um beijo! Seu filho realizou seu sonho de fazer um gol como profissional. Um beijo, eu te amo”, disse o maranhense.

Depois da euforia pelo primeiro gol e pela vitória sobre o Goiás, Marquinhos e o Atlético Mineiro se preparam para o clássico diante do Cruzeiro, que será disputado neste domingo (10), às 16h, no Mineirão, pela 32ª rodada do Brasileirão. Os dois clubes estão lutando contra o rebaixamento: enquanto o Galo, com 39 pontos, ocupa a 11ª colocação da competição nacional, a Raposa tem 34 pontos e está na 16ª posição.

Leia outras notícias em ImiranteEsporte.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.