Liga de Basquete Feminino

Sampaio Basquete vence o Vera Cruz fora de casa e abre vantagem na decisão da LBF

Briahanna Jackson e Tainá Paixão lideraram a vitória tricolor em Campinas; Jogo 2 terá transmissão do Imirante.com.
Gustavo Arruda / Imirante Esporte16/08/2019 às 22h50
Sampaio Basquete vence o Vera Cruz fora de casa e abre vantagem na decisão da LBFTainá Paixão foi uma das destaques do Sampaio Basquete no primeiro jogo da final contra o Vera Cruz Campinas. ( Foto: Álvaro Jr. / Facebook LBF)

CAMPINAS - Donos das melhores campanhas na temporada regular da Liga de Basquete Feminino (LBF), Vera Cruz Campinas e Sampaio Corrêa Basquete iniciaram, na noite desta sexta-feira (16), a decisão da competição nacional. Mesmo atuando fora de casa, no Ginásio do Tênis Clube de Campinas, a Bolívia Querida mostrou sua força e deu um passo gigantesco em busca do bicampeonato da Liga: com um perímetro inspirado e muita disposição na defesa, o Sampaio bateu o Vera Cruz por 63 a 59, quebrou o mando de quadra e abriu 1 a 0 na série decisiva.

Mesmo poupando as suas principais atletas nos primeiros minutos de partida, o Sampaio Basquete abriu vantagem ainda no primeiro quarto e levou seis pontos de vantagem para o intervalo, contando com bons lances de Tainá Paixão, Raphaella Monteiro, Tati Pacheco e Clarissa dos Santos, campeãs pan-americanas com a Seleção Brasileira. No terceiro quarto, o Vera Cruz Campinas esboçou uma reação, liderado por Melissa Gretter, mas o Sampaio contou com uma atuação brilhante de Briahanna Jackson no último quarto para frear a reação da equipe da casa e garantir a vitória no Jogo 1 da final.

Sem muita inspiração nos primeiros quartos de jogo, a armadora norte-americana Briahanna Jackson chamou a responsabilidade nos últimos 10 minutos, liderou a vitória do Sampaio Basquete e foi a cestinha tricolor em Campinas, com 14 pontos. Campeãs do Pan pelo Brasil, a ala-armadora Tainá Paixão e a ala Raphaella Monteiro também se destacaram na vitória da Bolívia Querida, com 12 pontos cada.

Pelo lado do Vera Cruz Campinas, a armadora argentina Melissa Gretter mostrou que é uma das atletas mais dominantes da LBF e fez grande partida pela equipe do interior paulista, com 15 pontos e seis rebotes. A armadora Babi, por sua vez, chegou perto de um duplo-duplo, com 11 pontos e nove rebotes.

Com a vitória em Campinas, o Sampaio Basquete abriu 1 a 0 na final da LBF, que é disputada em melhor de cinco partidas, e quebrou o mando de quadra do Vera Cruz, dono dessa vantagem por ter melhor campanha na primeira fase da competição nacional. Vera Cruz Campinas e Sampaio Basquete voltam a se enfrentar neste domingo (18), às 18h, novamente no Ginásio do Tênis Clube, com transmissão ao vivo do Imirante.com.

O jogo

Preocupado com o desgaste físico de Tainá, Raphaella, Tati e Clarissa, e disposto a surpreender o Vera Cruz Campinas, o técnico Cristian Santander promoveu a entrada de algumas reservas no quinteto titular. Mesmo sem suas atletas mais conhecidas, o Sampaio fez jogo duro contra o time campineiro, que não conseguia abrir vantagem, mesmo com o apoio da torcida. Com a entrada das quatro campeãs do Pan, o Tricolor se soltou de vez e abriu 10 pontos de vantagem no primeiro quarto.

No período seguinte, o Sampaio Basquete não conseguiu manter o ritmo na quadra de ataque, forçou algumas jogadas e perdeu a chance de disparar no placar, enquanto o Vera Cruz Campinas, com um forte jogo coletivo, diminuiu a diferença. O esforço da equipe da casa, entretanto, não foi o suficiente para impedir que o Sampaio levasse uma diferença de seis pontos para o intervalo.

Embalado pela torcida, o Vera Cruz Campinas voltou para o terceiro quarto com uma defesa mais atenta e encostou de vez no placar, contando com uma atuação brilhante de Melissa Gretter. O Sampaio Basquete, porém, manteve a liderança no placar com arremessos precisos de Tati Pacheco e Raphaella Monteiro.

Com apenas três pontos de vantagem e sentindo a pressão do Vera Cruz Campinas, o Sampaio Basquete precisava de alguém para chamar a responsabilidade no momento decisivo da partida. Dona de uma atuação discreta até então, Briahanna Jackson colocou a bola debaixo do braço e decidiu a favor do Tricolor. anotando 11 pontos em 10 minutos. O Vera Cruz lutou até o último segundo, mas o Sampaio confirmou a grande vitória no Jogo 1 da final da LBF.

Leia outras notícias em ImiranteEsporte.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.