Liga de Basquete Feminino

Sampaio Basquete sofre, mas vence Santo André e está a um passo da final da LBF

Mesmo depois de "apagão" no último quarto, a Bolívia Querida conquistou uma vitória heroica no ABC Paulista.
Gustavo Arruda / Imirante Esporte11/07/2019 às 21h55
Sampaio Basquete sofre, mas vence Santo André e está a um passo da final da LBFLance da partida entre Santo André e Sampaio Basquete no Ginásio Pedro Dell''Antonia. (Jorge Bevilacqua / LBF)

SANTO ANDRÉ – Em um jogo emocionante, decidido apenas no último segundo e disputado na noite desta quinta-feira (11), o Sampaio Corrêa Basquete confirmou a sua grande fase na temporada 2019 da Liga de Basquete Feminino (LBF) e encaminhou vaga na decisão da competição nacional. Mesmo tendo que lidar com a pressão da torcida do Santo André no Ginásio Pedro Dell’Antonia e um “apagão” no último quarto, a equipe maranhense conquistou a vitória por 61 a 59 no ABC paulista e abriu 1 a 0 nas semifinais da LBF.

A vitória do Sampaio Basquete sobre o Santo André foi construída com o auxílio de duas atletas que estavam no banco de reservas. Principal contratação da Bolívia Querida para os playoffs da LBF, a pivô Clarissa justificou a aposta da equipe e anotou 14 pontos, mesma marca da armadora Tainá Paixão, que também se juntou ao elenco tricolor durante a temporada. Entre as titulares do Sampaio, destaque para a ala Raphaella Monteiro, que fez 13 pontos e pegou seis rebotes. Pelo lado de Santo André, a armadora Alana fez 17 pontos e distribuiu quatro assistências.

Com a vitória no primeiro jogo das semifinais, o Sampaio Basquete precisa de mais um triunfo em dois jogos no Ginásio Costa Rodrigues, em São Luís, para garantir presença em mais uma final da LBF. A segunda partida entre o Tricolor e o Santo André será disputada na noite desta segunda-feira (15), às 19h30. Caso a equipe do ABC Paulista conquiste a vitória no Jogo 2, um terceiro duelo está marcado para terça-feira (16), às 19h30, novamente no Costa Rodrigues. O vencedor da série entre Sampaio e Santo André encara Vera Cruz Campinas ou Uninassau na final da LBF.

O jogo

A primeira partida das semifinais da LBF começou em ritmo lento: o Sampaio Basquete forçou vários erros de Santo André na quadra de ataque, mas não conseguiu abrir uma vantagem muito larga. Liderado por Raphaella Monteiro, que anotou cinco pontos em 10 minutos, o Tricolor venceu o primeiro quarto por 10 a 7.

No segundo quarto, Sampaio Basquete e Santo André melhoraram a produção no ataque e aumentaram a qualidade do confronto. Mais uma vez, Raphaella chamou a responsabilidade e ajudou a Bolívia Querida a abrir oito pontos de vantagem sobre o time andreense, que concentrou boa parte de suas jogadas na pivô Bárbara.

Depois do intervalo, a partida ficou ainda mais emocionante, com as duas equipes acertando a maioria de suas jogadas. Com Bárbara e Izabela dominantes no garrafão, o Santo André deu trabalho ao Sampaio Basquete, mas o time maranhense, apostando na habilidade de Tainá Paixão e na força de Clarissa, se manteve na frente do placar, abriu 12 pontos de vantagem e deu a impressão de que a vitória estava encaminhada no Ginásio Pedro Dell’Antonia.

A euforia do Sampaio Basquete, entretanto, foi embora depois de uma reação impressionante de Santo André no último quarto. Liderado pela armadora Alana, que acertou os cinco arremessos que tentou em 10 minutos, a equipe do ABC Paulista reduziu a vantagem do time maranhense para apenas dois pontos. Embalado, o time de Santo André ainda teve duas chances para empatar o jogo nos últimos segundos, mas Bárbara e Érika erraram seus arremessos, e Clarissa, atenta, pegou o rebote que garantiu o triunfo do Sampaio.

Leia outras notícias em ImiranteEsporte.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.