Série D

Maranhão Atlético é derrotado pelo Central e se complica na Série D

Após duas derrotas, o Quadricolor ocupa a última posição do Grupo 5 da Quarta Divisão.
Gustavo Arruda / Imirante Esporte12/05/2019 às 18h47
Maranhão Atlético é derrotado pelo Central e se complica na Série DO Central derrotou o Maranhão Atlético em Caruaru. (Divulgação / Maranhão Atlético Clube)

CARUARU – A fase de grupos do Campeonato Brasileiro Série D ainda está na segunda rodada, mas o Maranhão Atlético precisou de pouco tempo para ligar o sinal de alerta na competição nacional. Depois de ser derrotado pelo Altos em seu primeiro jogo na Quarta Divisão, o Quadricolor teve que lidar com mais um tropeço na tarde deste domingo (12): contando com o apoio da torcida no Estádio Lacerdão, em Caruaru, o Central venceu por 3 a 0 e deixou o MAC em situação delicada na briga por uma vaga na segunda fase da Série D.

Em partida que começou com atraso de 20 minutos, por falta de ambulância no Lacerdão, o Central sufocou o Maranhão Atlético e abriu o placar aos 37 minutos, com Leandro Costa. Na etapa final, o MAC foi ao ataque em busca do empate, mas a Patativa anulou o ataque quadricolor e confirmou a vitória com gols de Joelson, aos sete minutos, e Leanderson Polegar, aos 47.

Com a derrota em Caruaru, o Maranhão Atlético caiu para a quarta e última posição do Grupo 5 da Série D, sendo a única equipe da chave sem pontos. O Central, por sua vez, chegou aos três pontos e pulou para a vice-liderança do grupo, atrás apenas do Atlético Cearense, que disparou na liderança com duas vitórias em dois jogos.

A próxima partida do Maranhão Atlético na Série D será contra o Atlético Cearense, no próximo sábado (18), a partir das 16h, no Estádio Presidente Vargas, em Fortaleza, com cobertura completa do Imirante Esporte. O Central, por sua vez, atua mais uma vez no Estádio Lacerdão, diante do Altos, em duelo que será disputado no próximo domingo (19), a partir das 16h.

O jogo

Com apenas dois minutos de jogo, o Maranhão Atlético chegou com perigo e quase abriu o placar no Lacerdão: após grande jogada individual, Vitinho só parou em defesa do goleiro França. O lance deu esperança ao torcedor atleticano, mas por pouco tempo, já que o Central, jogando em casa, assumiu o domínio da partida e criou sua primeira grande chance aos 16 minutos, com Diego Palhinha, que chutou forte e obrigou Mateus a fazer uma defesa difícil.

Empurrado pela torcida, o Central continuou a pressão diante de um Maranhão Atlético pouco inspirado no campo de ataque. Aos 25 minutos, Diego Palhinha fez o passe em profundidade, e Joelson não conseguiu o desvio para o gol. Pouco depois, aos 27, Joelson recebeu cruzamento de Alex Barros, cabeceou fraco e Mateus, bem posicionado, salvou o MAC.

Sem sair do campo de ataque, o Central acumulava chances perdidas. Diego Palhinha, aos 33 minutos, cobrou falta com categoria e acertou a trave de Mateus. Pouco depois, aos 37, a pressão da Patativa surtiu efeito: após cruzamento de Paulinho Mossoró, Leandro Costa não desperdiçou a oportunidade e abriu o placar no Lacerdão.

Sem sustos, Central confirma vitória no Lacerdão

Mantendo o ritmo do primeiro tempo, o Central precisou de apenas sete minutos para ampliar o placar no Lacerdão. Após avanço pelo lado direito do ataque, Paulinho Mossoró deu um passe na medida para Joelson, que fez o desvio de cabeça para o gol, sem chances para Mateus. Pouco depois, aos 11, Leandro Costa finalizou de longe, e Mateus fez a defesa.

Com o passar do tempo, o Central passou a administrar o resultado, enquanto o Maranhão Atlético sofria para encaixar uma jogada no campo de ataque. Mesmo com o jogo resolvido, a Patativa ainda marcou o terceiro gol: aos 47 minutos, Diego Palhinha cobrou falta, Mateus fez a defesa, e Leanderson Polegar, no rebote, fechou o placar para o Central.

FICHA TÉCNICA

CENTRAL: França; Leanderson Polegar, Rafael Araújo, Bruno Oliveira e Alex Barros (Wendel); Duda, Fernando Pires, Paulinho Mossoró (Raimundinho) e Diego Palhinha; Leandro Costa (Edinho Canutama) e Joelson. Treinador: Celso Teixeira

MARANHÃO ATLÉTICO: Mateus; Vivico, Bruno Bacabal, Lucas (Ramon) e Chico Bala; Willian Daltro, Jefferson Abreu, Wesley (Marciano) e Everlan; Vitinho e Isaías. Treinador: Sandow Fecques

Leia outras notícias em ImiranteEsporte.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.