Copa do Nordeste

Sampaio Corrêa sofre virada do Náutico e continua sem vencer na Copa do Nordeste

Atual campeão, Tricolor está perto da eliminação na primeira fase da competição regional.
Gustavo Arruda / Imirante Esporte07/03/2019 às 21h15
Sampaio Corrêa sofre virada do Náutico e continua sem vencer na Copa do NordesteJogando em casa, o Náutico derrotou o Sampaio Corrêa. (Léo Lemos / Náutico)

RECIFE – Atual campeão da Copa do Nordeste, o Sampaio Corrêa continua com uma campanha abaixo das expectativas nesta edição da competição regional. Em partida válida pela quinta rodada da primeira fase do Nordestão e disputada na noite desta quinta-feira (7), no Estádio dos Aflitos, a Bolívia Querida até teve um bom início diante do Náutico, mas permitiu a virada por 2 a 1 e se complicou ainda mais na briga por uma vaga nas quartas de final.

Precisando da vitória para encostar nos líderes do Grupo A do Nordestão, o Sampaio Corrêa animou o seu torcedor aos 18 minutos do primeiro tempo: após receber cruzamento na grande área, o atacante Maxuell Samurai acertou um belo chute e abriu o placar para o Tubarão. A festa tricolor, entretanto, virou pesadelo em apenas dois minutos, com o gol de empate do Timbu, marcado por Hereda aos 29, e a expulsão de Patric Calmon, aos 31. Com um jogador a mais, o Náutico decretou a virada aos três minutos do segundo tempo, com Robinho, após tabela com Danilo Pires e Odilávio.

Depois de amargar a terceira derrota consecutiva na Copa do Nordeste e completar cinco jogos sem vitórias na competição regional, o Sampaio Corrêa está praticamente fora da briga pelas quartas de final. Com apenas um ponto em cinco rodadas, o Tricolor ocupa a sétima posição do Grupo A, superando apenas o Sergipe. Já o Náutico, com oito pontos, subiu para o sexto lugar no Grupo B e ainda sonha com a classificação.

O Sampaio Corrêa volta a campo pela Copa do Nordeste na próxima quinta-feira (14), às 21h30, contra o ABC, no Estádio Castelão, em partida com transmissão da rádio Mirante AM e cobertura completa do Imirante Esporte. Antes disso, na tarde deste domingo (10), o Náutico enfrenta o América no Estádio Ademir Cunha, em Paulista (PE), pela oitava rodada do Campeonato Pernambucano.

O jogo

Donos de campanhas modestas na Copa do Nordeste, Náutico e Sampaio Corrêa tiveram um início de jogo tímido no Estádio dos Aflitos. Empurrado pela torcida, o Timbu tomou a iniciativa no ataque: aos 10 minutos, Robinho tentou a conclusão após cruzamento de Hereda, mas Odair afastou o perigo pelo Sampaio. Pouco depois, aos 15, Robinho recebeu passe de Odilávio e arriscou nova finalização, que saiu pela linha de fundo.

O Sampaio Corrêa demorou a atacar, mas esbanjou eficiência em sua primeira oportunidade: Maxuell Samurai, aos 19 minutos, recebeu cruzamento, fez o domínio e acertou um belo chute, sem chances para o goleiro Bruno. Apesar da vantagem no placar, o Tricolor não diminuiu o ritmo e quase marcou o segundo gol aos 28 minutos, com Lucas Gabriel, que recebeu passe de Dedé e chutou em cima de Bruno.

Quando parecia estar com a situação controlada no Estádio dos Aflitos, o Sampaio Corrêa teve que lidar com dois duros golpes em apenas dois minutos. Primeiro, Hereda deixou tudo igual aos 29, com belo chute de fora da área. Aos 31, o lateral Patric Calmon foi expulso, após falta por trás em Thiago. Animado, o Náutico ainda teve a chance da virada aos 46, com Luiz Henrique, que bateu forte e parou em defesa de Rodrigo Carvalho.

Náutico vira o jogo e garante vitória em casa

Em ritmo alucinante, o Náutico precisou de apenas três minutos para virar o jogo sobre o Sampaio Corrêa no segundo tempo. Após tabela entre Danilo Pires e Odilávio, a bola sobrou para Robinho, que acertou o ângulo de Rodrigo Carvalho e colocou o Timbu na frente do placar. Aos seis, Odilávio teve a chance de marcar o terceiro gol, mas Rodrigo Carvalho salvou o Sampaio.

Enquanto o Sampaio Corrêa sofria para se organizar, o Náutico pressionava em busca do terceiro gol. Robinho e Thiago, aos 17, arriscaram finalizações em cima da zaga tricolor. No minuto seguinte, o zagueiro Rafael Ribeiro aproveitou cruzamento, fez o desvio de cabeça, e Rodrigo Carvalho teve que fazer mais uma defesa difícil.

Os minutos finais de partida no Estádio dos Aflitos foram de poucas emoções: como o Sampaio Corrêa não oferecia maior resistência, o Náutico valorizou a posse de bola. Mesmo em ritmo lento, o Timbu quase balançou as redes aos 32, com Josa, que aproveitou cobrança de escanteio, subiu sozinho e desviou a bola para fora. A chance desperdiçada, entretanto, não fez falta ao Náutico, que confirmou a vitória sem sustos e complicou ainda mais o Sampaio Corrêa na Copa do Nordeste.

FICHA TÉCNICA

NÁUTICO: Bruno; Hereda, Rafael Ribeiro, Sueliton e Josa; Jorge Jiménez (Maylson), Luiz Henrique e Fábio Matos (Danilo Pires); Robinho, Thiago e Odilávio (Rafael Assis). Treinador: Márcio Goiano

SAMPAIO CORRÊA: Rodrigo Carvalho; Wanderson, Odair, Vitor Salvador e Patric Calmon; Patrick, Dedé (Salatiel) e Eloir; Edgar (Christian), Lucas Gabriel e Maxuell Samurai (Cleitinho). Treinador: Julinho Camargo

Leia outras notícias em ImiranteEsporte.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.